Evasão escolar na educação superior: de que indicador estamos falando?

Autores

  • Ricardo Ferreira Vitelli Universidade do Vale do Rio dos Sinos
  • Rosangela Fritsch Universidade do Vale do Rio dos Sinos

DOI:

https://doi.org/10.18222/eae.v27i66.4009

Palavras-chave:

Indicadores Educacionais, Evasão Escolar, Educação Superior, Avaliação da Educação.

Resumo

Este artigo aborda o indicador educacional da evasão escolar na educação superior com o objetivo de distinguir e problematizar diferentes concepções e usos do termo em produções acadêmicas. Para isso, a metodologia usada consistiu em uma revisão bibliográfica de escritos publicados entre 1996 e 2015 que abordam a evasão na educação superior e que apresentam a fórmula de calculá-la. Foi possível identificar que o uso do termo está associado a diferentes perspectivas, temporalidades, granularidades e fórmulas. Tendo isso em vista, a utilização de tal indicador educacional para diagnóstico, monitoramento e avaliação de cursos, instituições, sistemas e políticas públicas requereria o desenvolvimento de um conceito e uma fórmula comuns. Colocamos, então, em evidência a pertinência da revisão desse indicador educacional para evitar o risco de comparações que seriam estatisticamente incomparáveis.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ricardo Ferreira Vitelli, Universidade do Vale do Rio dos Sinos

Doutorando do programa de pós-graduação em Educação pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Mestrado em Educação (2013) e especialização em Metodologia do Ensino Superior pela Universidade do Vale do Rio do Sinos - UNISINOS (1987) e graduado em Estatística pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul - UFRGS (1984). Atualmente é professor da Universidade do Vale do Rio dos Sinos. Tem experiência na área de Probabilidade e Estatística, com ênfase em Estatística, atuando principalmente nos seguintes temas: pesquisa de opinião, informática, pesquisa mercadológica, sistemas de informação e satisfação de clientes. Atua no projeto Evasão no Ensino Médio e Superior, no Município de São Leopoldo - RS.

Rosangela Fritsch, Universidade do Vale do Rio dos Sinos

Doutora em Educação pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos (Unisinos), Professora e pesquisadora dos Programas de Pós-graduação em Educação e Gestão Educacional da Unisinos. Participa como pesquisadora dos Grupos de Pesquisa: Rede Ibero-Americana de Estudos sobre Educação Profissional e Evasão Escolar (RIMEPES) – Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e História, Política e Gestão da Escola Básica - UNISINOS.

Referências

ADACHI, Ana Amélia Chaves Teixeira. Evasão e evadidos nos cursos de graduação da Universidade Federal de Minas Gerais. 2009. 214 f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Programa de Pós-Graduação em Educação, Universidade Federal de Minhas Gerais, Belo Horizonte, 2009.

ADELMAN, Clifford. Answers in the toolbox: academic intensity, attendance patterns and bachelor’s degree attainment. Washington: U.S. Department of Education, 1999.

AMARAL, João Batista do. Evasão discente no ensino superior: estudo de caso no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (Campus Sobral). 2013. 48 f. Dissertação (Mestrado Profissional em Políticas Públicas e Gestão da Educação Superior) − Programa de Pós-Graduação em Superintendência de Recursos Humanos, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2013.

ANDRIOLA, Wagner Bandeira. Fatores associados à evasão discente na Universidade Federal do Ceará (UFC) de acordo com as opiniões de docentes e de coordenadores de cursos. Revista Iberoamericana sobre Calidad, Eficacia y Cambio en Educación, Madrid, v. 7, n. 4, p. 342-356, 2009. Disponível em: <http://goo.gl/1cjcDa>. Acesso em: 30 ago. 2014.

ANDRIOLA, Wagner Bandeira; ANDRIOLA, Cristiany Gomes; MOURA, Cristiane Pascoal. Opiniões de docentes e de coordenadores acerca do fenômeno da evasão discente dos cursos de graduação da Universidade Federal do Ceará 10 (UFC). Ensaio: Avaliação e Políticas Públicas em Educação, Rio de Janeiro, v. 14, n. 52, p. 365-382, jul./set. 2006.

BAGGI, Cristiane Aparecida dos Santos. Evasão e avaliação institucional: uma discussão bibliográfica. 2010. 81 f. Dissertação (Mestrado em Educação) − Programa de Pós-Graduação em Educação, Pontifícia Universidade Católica de Campinas, Campinas, 2010.

BAGGI, Cristiane Aparecida dos Santos; LOPES, Doraci Alves. Evasão e avaliação institucional no ensino superior: uma discussão bibliográfica. Avaliação, Campinas; Sorocaba, v. 16, n. 2, p. 355-374, jul. 2011.

BARDAGI, Marúcia Patta. Evasão e comportamento vocacional de universitários: estudos sobre o desenvolvimento de carreias na graduação. 2007. 242 f. Tese (Doutorado em Psicologia) – Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2007.

BIAZUS, Cleber Augusto. Sistema de fatores que influenciam o aluno a evadir-se dos cursos de graduação na UFSM e na UFSC: um estudo no curso de Ciências Contábeis. 2004. 203 f. Tese (Doutorado em Engenharia de Produção) – Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2004.

BRASIL. Lei n. 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil, Poder Executivo, Brasília, DF, seção 1, p. 12, dez. 1996.

Disponível em: <http://goo.gl/jDLVL3>. Acesso em: 15 out. 2011.

BRASIL. Lei n.13.005, de 25 de junho de 2014. Aprova o Plano Nacional de Educação – PNE e dá outras providências. Brasília, DF: MEC, 2014. Disponível em: <http://goo.gl/EuxARG>. Acesso em: 22 abr. 2014.

BRASIL. Ministério da Educação. Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira. Dicionário de indicadores educacionais: fórmulas de cálculo. Coordenação-Geral de Sistemas Integrados de Informações Educacionais. Brasília, DF: Inep, 2004.

Disponível em: <http://goo.gl/ kv6NsD>. Acesso em: 12 jun. 2015.

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Superior. Comissão Especial de Estudos sobre a Evasão nas Universidades Públicas Brasileiras. Brasília: MEC, 1997. Disponível em: <http://goo.gl/bE3y8t>. Acesso em: 15 out. 2014.

BRAXTON, Jonh M. Reworking the student departure puzzle. Nashville: Vanderbilt University Press, 2000.

BRAXTON, Jonh M.; HIRSCHY, Amy S.; MCCLENDON, Shederick A. Understanding and reducing college student departure. New Jersey: ASHE-ERIC, 2004.

CABRERA, Alberto F. The role of finances in the persistence process: a structural model. Research in Higher Education, Tallahassee, v. 33, n. 5, p. 571-593, 1992.

CABRERA, Alberto F.; COLBECK, Carol L.; TERENZINI, Patrick T. Developing performance indicators for assessing classroom teaching practices and student learning. Research in Higher Education, Tallahassee, v. 42, n. 3, p. 327-352, 2001.

CABRERA, Alberto F.; LA NASA, Steven M. Classroom teaching practice: ten lessons learned. In: DE VRIES, Wietse (Ed.). Calidad, eficiencia y evaluación de la educación superior. Madrid: Netbiblo, 2005. p. 129-151.

CABRERA, Alberto F.; NORA, Amaury; CASTAÑEDA, Maria B. College persistence: the testing of an integrated model. Journal of Higher Education, New Jersey, v. 64, n. 2, p. 123-139, 1993.

CABRERA, Alberto F. et al. The convergence between two theories of college persistence. Journal of Higher Education, New Jersey, v. 63, n. 2, p. 143-164, 1992.

CABRERA, Alberto F. et al. Campus racial climate and the adjustment of students to college: a comparison between white students and African American students. Journal of Higher Education, New Jersey, v. 70, n. 2, p. 134-160, 1999.

CABRERA, Alberto F. et al. Pathways to a four-year degree: determinants of transfer and degree completion. In: SEIDMAN, Alan. (Ed.). College student retention. Lanham: Rowman y Littlefield publishers, 2012. p. 167-210.

FIALHO, Mônica Maria Lima. Evasão no ensino superior privado: um estudo de caso na Universidade Santo Agostinho. 2008. 57 f. Dissertação (Mestrado em Economia) – Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2008.

FRITSCH, Rosangela; ROCHA, Cleonice Silveira da; VITELLI, Ricardo Ferreira. A evasão nos cursos de graduação em uma instituição de ensino superior privada. Revista Educação em Questão, Natal, v. 52, n. 38, p. 81-108, maio/ago. 2015.

JANNUZZI, Paulo de Martino. Considerações sobre o uso, mau uso e abuso dos indicadores sociais na formulação e avaliação de políticas públicas municipais. Revista Brasileira de Administração Pública, Rio de Janeiro, v. 36, n. 1, p. 51-72, jan./fev. 2002.

JANNUZZI, Paulo de Martino. Indicadores sociais no Brasil: conceitos, fontes de dados e aplicações. 4. ed. Campinas: Alínea, 2009.

MACEDO, Juliano de. Evasão discente no ensino superior: um estudo na Unicentro, campus Irati. 2014. 173 f. Dissertação (Mestrado em Gestão de Políticas Públicas) – Programa de Mestrado Profissional em Gestão de Políticas Públicas, Universidade do Vale do Itajaí, Itajaí, 2014.

MALHOTRA, Naresh K. Pesquisa de marketing, uma orientação aplicada. Porto Alegre: Bookman, 2001.

MARTINS, Cleidis Beatriz Nogueira. Evasão de alunos nos cursos de graduação em uma instituição de ensino superior. 2007. 116 f. Dissertação (Mestrado em Administração) – Fundação Dr. Pedro Leopoldo, Pedro Leopoldo, Minas Gerais, 2007.

MATIAS, Irlene dos Santos. Centro Federal de Educação Tecnológica do Amazonas: uma reflexão sobre as condições de ingresso, permanência e evasão. 2003. 90 f. Dissertação (Mestrado em Educação) − Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2003.

MUSEUS, Samuel D.; QUAYE, Stephen John. Toward an intercultural perspective of racial and ethnic minority college student persistence. Review of Higher Education, Washington, v. 33, n. 3, p. 333-356, 2009.

NORA, Amaury; CABRERA, Alberto F. The role of perceptions of prejudice and discrimination on the adjustment of minority. Journal of Higher Education, New Jersey, v. 67, n. 2, p. 119-148, 1996.

NORA, Amaury; CRISP, Gloria. Student persistence and degree attainment beyond the first-year in college: existing knowledge and directions for future research. In: SEIDMAN, Alan (Ed.). College student retention. Lanham: Rowman y Littlefield publishers, 2012. p. 229-251.

NORA, Amaury; CRISP, Gloria; MATTHEWS, Cissy. A reconceptualization of CCSSE’s benchmarks of student engagement. Review of Higher Education, Washington, v. 35, n. 1, p. 105-130, 2011.

PALÁCIO, Paula da Paz. Políticas de acesso e permanência do estudante da Universidade Federal do Ceará (UFC). 2012. 123 f. Dissertação (Mestrado em Políticas Públicas e Gestão da Educação Superior) – Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2012.

PEREIRA, Fernanda Cristina Barbosa. Determinantes da evasão de alunos e os custos ocultos para as instituições de ensino superior: uma aplicação na universidade do extremo sul catarinense. 2003. 173 f. Tese (Doutorado em Engenharia da Produção) – Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2003.

PEREIRA JÚNIOR, Edgar. Compromisso com o graduar-se, com a instituição e com o curso: estrutura fatorial e relação com a evasão. 2012. 414 f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2012.

POLYDORO, Soely Aparecida Jorge. O trancamento de matrícula na trajetória acadêmica no universitário: condições de saída e de retorno à instituição. 2000. 167 f. Tese (Doutorado em Educação) – Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2000.

SERPA, Luiz Felippe Perret; PINTO, Nice Maria Americano Costa. A evasão no ensino superior no Brasil. Estudos em Avaliação Educacional, São Paulo, n. 21, p. 109-145, 2000.

SILVA FILHO, Roberto Leal Lobo e; LOBO, Maria Beatriz de Carvalho Melo. Esclarecimentos metodológicos sobre os cálculos de evasão. São Paulo: Instituto Lobo, 2012.

Disponível em: <http://goo.gl/bPzoja>. Acesso em: 23 maio 2015.

SILVA FILHO, Roberto Leal Lobo e et al. A evasão no ensino superior brasileiro. Cadernos de Pesquisa, São Paulo, v. 37, n. 132, p. 641-659, set./dez. 2007.

SILVA, Marilene de Almeida Viana Reid. A evasão na UENF: uma análise dos cursos de licenciatura 2003-2007. 2009. 193 f. Dissertação (Mestrado em Políticas Sociais) − Universidade Estadual do Norte Fluminense, Rio de Janeiro, 2009.

SOUZA, Irineu Manoel de. Causas da evasão nos cursos de graduação da Universidade Federal de Santa Catarina. 1999. 150 f. Dissertação (Mestrado em Administração) − Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 1999.

TEIXEIRA, Levi Lopes Teixeira. O uso de técnicas de estatística multivariada no prognóstico de desistência de alunos em IES privadas: um estudo de caso na cidade de Foz do Iguaçu-PR. 2006. 79 f. Dissertação (Mestrado em Ciências) − Programa de Pós-Graduação em Métodos Numéricos em Engenharia, Universidade Federal do Paraná, Curitiba, 2006.

TIBOLA, Jucélia Appio et al. Factors of students’ continued attendance at a higher education institution: a confirmatory model. Revista Alcance, Itajaí, v. 19, n. 1, p. 83-100, jan./mar. 2012.

TIERNEY, William G. Models of minority college-going and retention: cultural integrity versus cultural suicide. The Journal of Negro Education, Washington, v. 68, n. 1, p. 80-91, 1999.

TINTO, Vincent. Dropout from higher education. A theoretical synthesis of recent research. Review of Educational Research, Washington, v. 45, p. 89-125, 1975.

TINTO, Vincent. Leaving college: rethinking the causes and cures of student attrition. Chicago: University of Chicago, 1987.

TINTO, Vincent. Leaving college: rethinking the causes and cures of student attrition. 2. ed. rev. Chicago: University of Chicago, 1993.

TINTO, Vincent. Reconstructing the first year of college. Planning for Higher Education, Michigan, v. 25, n. 1, p. 1-6, 1996.

TINTO, Vincent. Classrooms as communities: exploring the educational character of student persistence. Journal of Higher Education, New Jersey, v. 68, n. 6, p. 599-623, 1997.

TINTO, Vincent. From theory to action: exploring the institutional conditions for student retention. In: SMART, Jonh C. (Ed.). Higher Education: handbook of theory and research, University of Chicago, 2010. p. 51-89. v. 25.

TINTO, Vincent. Completing college: rethinking institutional action. Chicago: The University of Chicago Press, 2012.

TONTINI, Gérson; WALTER Silvana Anita. Pode-se identificar a propensão e reduzir a evasão de alunos? Ações estratégicas e resultados táticos para instituições de ensino superior. Avaliação, Campinas, v. 19, n. 1, p. 89-110, mar. 2014.

VELOSO, Tereza Christina; ALMEIDA, Edson Pacheco de. Evasão nos cursos de graduação da Universidade Federal de Mato Grosso, campus universitário de Cuiabá − um processo de exclusão. Série-Estudos, Campo Grande, n. 13, p.133-148, jan./jun. 2002. Disponível em: <http://goo.gl/9TZ4cL>. Acesso em: 1º de ago. 2014.

Downloads

Publicado

21-05-2021

Como Citar

VITELLI, R. F.; FRITSCH, R. Evasão escolar na educação superior: de que indicador estamos falando?. Estudos em Avaliação Educacional, São Paulo, v. 27, n. 66, p. 908–937, 2021. DOI: 10.18222/eae.v27i66.4009. Disponível em: https://publicacoes.fcc.org.br/eae/article/view/4009. Acesso em: 4 fev. 2023.

Edição

Seção

Artigos