Avaliação em tempos de ensino remoto emergencial

Autores

DOI:

https://doi.org/10.18222/eae.v33.8961

Palavras-chave:

Processo de Ensino e de Aprendizagem, Avaliação Formativa, Mediação Pedagógica, Tecnologia Educacional

Resumo

O ensino remoto emergencial levou a escola a buscar outras possibilidades de avaliação enquanto acompanhamento dos processos de ensino e aprendizagem. Com o intuito de compreender como os processos avaliativos formativos têm ocorrido nesse período, cinco professores da educação básica foram entrevistados. Este trabalho qualitativo, com objetivo descritivo, teve os dados gerados por meio de narrativas. Os relatos demonstram incertezas e alguns caminhos delineados para avaliar. Conclui-se que algumas tecnologias, quando disponíveis, auxiliam na avaliação dos processos de ensino e aprendizagem. Contudo, para as realidades em que essas tecnologias não são uma possibilidade à integralidade dos estudantes, os professores têm recorrido a diferentes estratégias para propor atividades de aprendizagem.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Francieli Motter Ludovico, Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR), Curitiba-PR, Brasil

Doutoranda em Informática na Educação na UFRGS; Mestre em Letras; Licenciada em Letras. Professora da Universidade Tecnológica Federal do Paraná – UTFPR-DV. A autora possui apoio e o fomento da UTFPR.

Patrícia da Silva Campelo Costa Barcellos, Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Porto Alegre-RS, Brasil

Doutora em Informática na Educação e em Linguística Aplicada; Mestre em Letras; Licenciada em Letras. Professora do Programa de Pós-Graduação em Informática na Educação e do Instituto de Letras.

Sérgio Roberto Kieling Franco, Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Porto Alegre-RS, Brasil

Psicólogo, Mestre e Doutor em Educação, professor do Pós-Graduação em Informática na Educação, em Educação e da Faculdade de Educação - UFRGS

Referências

BARCELLOS, Patrícia Silva Campelo Costa. O processo de criação colaborativa de tarefas em língua estrangeira em ambiente digital por professores em formação. 2014. Tese (Doutorado em Linguística Aplicada) – Universidade do Vale do Rio dos Sinos, São Leopoldo, RS, 2014.

CERIGATTO, Mariana Pícaro. Introdução à educação a distância. Porto Alegre: Sagah, 2018.

COMITÊ GESTOR DA INTERNET NO BRASIL – CGI.BR. TIC Domicílios. Pesquisa sobre o uso das tecnologias de informação e comunicação nos domicílios brasileiros – 2018. São Paulo: Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR; Comitê Gestor da Internet no Brasil, 2019. Disponível em: https://www.cetic.br/media/docs/publicacoes/2/12225320191028-tic_dom_2018_livro_eletronico. pdf. Acesso em: 28 maio 2020.

FRANCO, Sérgio Roberto Kieling. O construtivismo e a educação. 9. ed. Porto Alegre: Mediação, 1995.

GRAY, David E. Pesquisa no mundo real. Tradução: Roberto Cataldo Costa. 2. ed. Porto Alegre: Penso Editora, 2012.

HAMAD, Aldrwin; TEIXEIRA, Clarissa S.; BASTOS, Rogério C.; LIMA, Celson. Ecossistema de inovação na educação: uma abordagem conectivista. In: EHLERS, Ana C. S. T.; TEIXEIRA, Clarissa S.; SOUZA, Marcio V. Educação fora da caixa: tendência para a educação no século XXI. Florianópolis: Bookess, 2015. p. 9-32.

HOFFMANN, Jussara. Avaliar para promover: as setas do caminho. Porto Alegre: Mediação, 2014.

HOFFMANN, Jussara. Avaliação mito & desafio: uma perspectiva construtivista. Porto Alegre: Mediação, 2017.

HOFFMANN, Jussara. Avaliação mediadora: uma prática em construção da pré-escola à universidade. Porto Alegre: Mediação, 2018.

LUCKESI, Cipriano Carlos. Avaliação da aprendizagem escolar: estudos e proposições. São Paulo: Cortez, 2011.

LUDOVICO, Francieli M.; MOLON, Jaqueline; FRANCO, Sérgio R. K.; BARCELLOS, Patrícia. Covid-19: desafios dos docentes na linha de frente da educação. Revista Interfaces Científicas, Aracaju, v. 10, n. 1, p. 58-74, 2020. Disponível em: https://doi.org/10.17564/2316- 3828.2020v10n1p58-74. Acesso em: mar. 2022.

MACEDO, Lino de. Ensaios pedagógicos: como construir uma escola para todos? Porto Alegre: Artmed, 2007.

MACEDO, Lino. A situação-problema como avaliação e como aprendizagem. In: INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA – INEP. Textos teóricos- -metodológicos – Enem 2009. Brasília, DF: Inep, 2009. p. 17-26.

MOLON, Jaqueline; FRANCO, Sérgio Roberto Kieling. A mensuração de habilidades em matemática

a partir da teoria de resposta ao item. In: CONGRESSO INTERNACIONAL DE EDUCAÇÃO DESAFIOS E SOLUÇÕES PARA MODELO HÍBRIDO DE EDUCAÇÃO, 6., 2018, Foz do Iguaçu, PR. Anais [...]. Foz do Iguaçu, PR: UniAmérica, 2018. p. 95-114. Disponível em: https://uniamerica.br/ congressoeducacao/pdf/anais-vi-ciedu-2018-uniamerica.pdf. Acesso em: 25 jun. 2020.

ORGANIZAÇÃO DAS NAÇÕES UNIDAS PARA A EDUCAÇÃO, A CIÊNCIA E A CULTURA – UNESCO. Covid-19: Unesco divulga 10 recomendações sobre ensino a distância devido ao novo coronavírus. ONU News, 10 mar. 2020. Disponível em: https://news.un.org/pt/story/2020/03/1706691. Acesso em: 20 maio 2020.

PAIXÃO, Claudiane Reis da (org.). Avaliação. São Paulo: Pearson Education do Brasil, 2016.

PERRENOUD, Philippe. Construir as competências desde a escola. Tradução: Bruno Charles Magne. Porto Alegre: Artes Médicas Sul, 1999.

PERRENOUD, Phillipe. Avaliação: da excelência à regulação das aprendizagens − entre duas lógicas. Porto Alegre: Artmed, 2007.

PIAGET, Jean. Development and learning. In: LAVATELLY, C. S.; STENDLER, F. (ed.). Reading in child behavior and development. Tradução: Paulo F. Slomp; Revisão: Fernando Becker. New York: Hartcourt Brace Janovich, 1972. p. 1-8. (Desenvolvimento e Aprendizagem).

VYGOTSKY, Lev Semyonovich. A formação social da mente: o desenvolvimento dos processos psicológicos superiores. 4. ed. São Paulo: Martins Fontes, 1991.

Downloads

Publicado

10-05-2022

Como Citar

MOLON, J.; MOTTER LUDOVICO, F.; DA SILVA CAMPELO COSTA BARCELLOS, P.; ROBERTO KIELING FRANCO, S. Avaliação em tempos de ensino remoto emergencial. Estudos em Avaliação Educacional, São Paulo, v. 33, p. e08961, 2022. DOI: 10.18222/eae.v33.8961. Disponível em: https://publicacoes.fcc.org.br/eae/article/view/8961. Acesso em: 26 nov. 2022.

Edição

Seção

Artigos