O Sisu e a escolha pelas licenciaturas da Universidade Federal de Viçosa

Autores

DOI:

https://doi.org/10.18222/eae.v32.6763

Palavras-chave:

Processo Seletivo, Acesso à Educação, Educação Superior, Licenciatura

Resumo

O objetivo deste trabalho é analisar como o Sistema de Seleção Unificada (Sisu) interferiu na escolha pelos cursos superiores na Universidade Federal de Viçosa, examinando principalmente as licenciaturas que tiveram maior aumento na relação candidato por vaga após a implementação desse novo mecanismo de seleção. Foram analisados, inicialmente, dados da instituição sobre a concorrência, a seletividade e a ocupação das vagas de todos os cursos do campus Viçosa-MG e, em seguida, dados recolhidos por meio da aplicação de questionários aos alunos das licenciaturas. Os resultados demonstram que o Sisu influencia as escolhas dos estudantes, tornando-as mais estratégicas, e que as desigualdades sociais e escolares continuam delimitando as escolhas que são possíveis para cada candidato.

Biografia do Autor

Thainara Cristina de Castro Ariovaldo, Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Belo Horizonte – MG, Brasil

Graduada em Pedagogia pela Universidade Federal de Viçosa (UFV). Mestra em Educação pelo Programa de Pós-graduação em Educação: Conhecimento e Inclusão Social da Faculdade de Educação da Universidade Federal de Minas Gerais (FaE/UFMG). Atualmente é aluna do Doutorado em Educação, também pela FaE/UFMG, e membro do grupo de pesquisa Observatório Sociológico Família-Escola (OSFE). Dedica-se às temáticas relacionadas à Sociologia da Educação, Sociologia do Ensino Superior, Acesso ao Ensino Superior, Desigualdades Escolares e Mecanismos de Acesso ao Ensino Superior.

Cláudio Marques Martins Nogueira, Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Belo Horizonte – MG, Brasil

Professor associado de Sociologia da Educação da Universidade Federal de Minas Gerais e pesquisador do Observatório Sociológico Família-escola, OSFE. Atua principalmente com os seguintes temas: trajetórias escolares, relação família-escola, ensino superior, escolha dos estudos superiores, escolha da carreira docente, teoria sociológica, sociologia de Pierre bourdieu e Bernard Lahire.

Referências

ABREU, Luís; CARVALHO, José R. Análise do jogo induzido pelo mecanismo Sisu de alocação de estudantes em universidades. In: ENCONTRO NACIONAL DE ECONOMIA – ANPEC, 42., 2014, Natal. Anais [...]. Natal, 2014.

ALMEIDA, Aléssio Tony Cavalcante de; SIQUEIRA, Liédje Bettizai de Oliveira de; SILVA, Andrea Ferreira da; SOBRAL, Eryka Fernanda Miranda; ROCHA, Evandro Farias. Estratégia safe choice sob menor incerteza e alocação ineficiente no ensino superior brasileiro. In: ENCONTRO REGIONAL DE ECONOMIA, 21., 2016, Fortaleza. Anais […] Fortaleza, 2016.

ARANHA, Antônia Vitória Soares; SOUZA, João Valdir Alves. As licenciaturas na atualidade: nova crise? Educar em Revista, Curitiba, n. 50, p. 69-86, out./dez. 2013.

BAUER, Adriana; CASSETTARI, Nathalia; OLIVEIRA, Romualdo Portela de. Políticas docentes e qualidade da educação: uma revisão da literatura e indicações de política. Ensaio: Avaliação e Políticas Públicas em Educação, Rio de Janeiro, v. 25, n. 97, p. 943-970, out./dez. 2017.

BRANCO, Amanda Leal Castelo; BONTEMPO, Ginia Cezar; SARAIVA, Ana Claudia Lopes Chequer; AMARAL, Shirlena Campos de Souza. O processo de escolha por um curso superior após a “Lei de Cotas” e o Enem/Sisu: o caso dos cursos de licenciatura da UFV campus Viçosa. Revista Brasileira de Ensino Superior, Passo Fundo, RS, v. 2, n. 1, p. 21-33, 2016.

BRASIL. Lei n. 12.711, de 29 de agosto de 2012. Dispõe sobre o ingresso nas universidades federais e nas instituições federais de ensino técnico de nível médio e dá outras providências. Brasília, DF: Presidência da República, Casa Civil, Subchefia para Assuntos Jurídicos, 2012a.

BRASIL. Portaria n. 21, de 5 de novembro de 2012. Dispõe sobre o Sistema de Seleção Unificada – Sisu, 2012b. Disponível em: https://sisu.furg.br/images/portaria21mec.pdf. Acesso em: 28 jan. 2019.

BRASIL. Portaria n. 1.117, de 1 de novembro de 2018. Altera a Portaria Normativa MEC n. 18, de 11 de outubro de 2012, e a Portaria Normativa MEC n. 21, de 5 de novembro de 2012, 2018. Disponível em: http://www.in.gov.br/materia/-/asset_publisher/Kujrw0TZC2Mb/content/id/48448738/do1-2018- 11-05-portaria-n-1-117-de-1-de-novembro-de-2018-48448535. Acesso em: 28 jan. 2019.

CZERNIASKI, Lizandra Felippi. Políticas públicas de democratização do ensino superior: um estudo sobre a ocupação das vagas nos cursos de graduação na Universidade Tecnológica Federal do Paraná – Campus Francisco Beltrão. 2014. 111 f. Dissertação (Mestrado em Políticas Públicas). Universidade Estadual de Maringá, Maringá, 2014.

DINIZ-PEREIRA, Júlio E. O ovo e a galinha: a crise da profissão docente e a aparente falta de perspectiva para a educação brasileira. Revista Brasileira de Estudos Pedagógicos, Brasília, DF, v. 92, n. 230, p. 34-54, jan./abr. 2011.

DUBET, François. Qual democratização do ensino superior? Caderno CRH, Salvador, v. 28, n. 74, p. 255-266, ago. 2015.

FLORES, Cézar Augusto da Silva. A escolha do curso superior no sistema de seleção unificada – SiSU: o caso do curso de enfermagem da Universidade Federal de Mato Grosso, Campus Universitário de Sinop. 2013. 181 p. Dissertação (Mestrado em Educação) – Faculdade de Educação, Universidade Federal do Mato Grosso, Cuiabá, 2013.

GATTI, Bernadete; SOARES, Juliana Gomes da Silva; SOUSA, Raimundo Nonato. A atratividade da carreira docente no Brasil. In: Estudos & pesquisas educacionais. São Paulo: Fundação Victor Civita, 2010, p. 139-210.

GÓMEZ, Magela Reny Fonticiella. Acesso e permanência de alunos de engenharia da UTFPR - Câmpus Medianeira. 2015. 123 f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Marília, SP, 2015.

HONORATO, Gabriela; ZUCCARELLI, Carolina; VIEIRA, André. Estratificação horizontal nas licenciaturas das instituições federais brasileiras. Revista Contemporânea de Educação, Rio de Janeiro, v. 14, n. 29, jan./abr. 2019.

LOUZANO, Paula; ROCHA, Valéria; MORICONI, Gabriela; OLIVEIRA, Romualdo. Quem quer ser professor? Atratividade, seleção e formação docente no Brasil. Estudos em Avaliação Educacional, São Paulo, v. 21, n. 47, p. 543-568, set./dez. 2010.

LUZ, Jackeline Lourenço Noronha da. O Sistema de Seleção Unificada (Sisu) na Universidade Federal de Mato Grosso – Campus Cuiabá – e a relação com a democratização do acesso. 2013. 186 f. Dissertação (Mestrado em Educação). Universidade Federal do Mato Grosso, Cuiabá, 2013.

NOGUEIRA, Cláudio Marques Martins. Qual acesso ao ensino superior? Colocando a “escolha” dos cursos superiores por parte dos candidatos no centro do debate. In: LAS CASAS, Estevam Barbosa; CUNHA, Dayse Moreira. Educação superior: desafios em perspectivas transdisciplinares. Belo Horizonte: Universidade Federal de Minas Gerais, 2018. p. 21-39.

NOGUEIRA, Cláudio Marques Martins; FLONTINO, Sandra Dantas. A escolha dos cursos de formação de professores e da profissão docente num cenário de desvalorização do magistério: os estudantes de licenciatura da Universidade Federal de Minas Gerais. In: PORTUGAL E MELO, Benedita (org.). Entre crise e euforia: práticas e políticas educativas no Brasil e em Portugal. Porto: Universidade do Porto, 2014. p. 35-68.

NOGUEIRA, Cláudio Marques Martins; NONATO, Bréscia França; RIBEIRO, Gustavo Meirelles; FLONTINO, Sandra Regina Dantas. Promessas e limites: o Sisu e sua implementação na Universidade Federal de Minas Gerais. Educação em Revista, Belo Horizonte, v. 33, n. 2, p. 61-90, abr./jun. 2017.

RIGO, Júlia da Silva. Percursos de formação de estudantes de licenciatura noturna na UFV: Enem, Sisu e Evasão. 2016. 136 f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2016.

RISTOFF, Dilvo. Democratização do campus – Impacto dos programas de inclusão sobre o perfil da graduação. Cadernos do GEA, Rio de Janeiro, n. 9, p. 1-62, jan./jun. 2016.

TINTO, Vicent. Definir la desercion: una cuestion de perspectiva. Revista de la Educacion Superior, México, v. 18, n. 3, p. 33-51, 1989.

Downloads

Publicado

24-05-2021

Edição

Seção

Artigos