Sobre a Revista

Foco e Escopo

Estudos em Avaliação Educacional é um periódico científico quadrimestral da Fundação Carlos Chagas (FCC). Criado em 1990, tem como objetivo divulgar a produção acadêmica relacionada com o campo da avaliação educacional, acolhendo trabalhos originários de diferentes áreas das ciências humanas, com perspectivas teóricas e metodológicas diversas, propiciando a troca de informações e o debate acadêmico.

Publica trabalhos inéditos, apresentados sob a forma de artigos, ensaios teórico-metodológicos, relatos de experiência, entrevistas e resenhas. Excepcionalmente, serão aceitos trabalhos já publicados em revistas estrangeiras, que tragam uma contribuição relevante para o campo.

Os textos são publicados em português e espanhol, em versão impressa e on-line, no Portal de Publicações da FCC e em diversas bases indexadoras. Trabalhos submetidos em outros idiomas são traduzidos para o português, sendo o original disponibilizado apenas on-line. A cada número, publica-se uma versão em inglês de um artigo escolhido pelo Comitê Editorial, a ser disponibilizado on-line.

Os manuscritos aprovados passam por revisão textual e estatística e são divulgados no formato ahead of print, antes mesmo da publicação do número impresso.

Estudos em Avaliação Educacional não cobra taxa de submissão ou de editoração de artigos (articles processing charges – APC). A versão on-line é de acesso aberto e gratuito.

Processo de Avaliação pelos Pares

Os originais recebidos passam por quatro etapas:

1)      Submissão a programas de controle de plágio e autoplágio: o objetivo é verificar o ineditismo do texto.

2)      Avaliação prévia pelo Comitê Editorial: o Comitê julga a adequação dos textos à linha editorial da revista; às normas de publicação por ela estabelecidas; e à qualidade do trabalho, isto é, o seu potencial de publicação.

3)      Processo duplo cego: caso passem por essa triagem inicial, os textos serão encaminhados para serem avaliados quanto ao mérito por especialistas da área.

4)      Decisão final: os pareceres emitidos passarão pela análise do Comitê Editorial, que dará decisão final emitindo um parecer consolidado.

Estudos em Avaliação Educacional adota o sistema duplo cego para avaliação dos manuscritos pelos pares, preservando a identidade do autor em relação ao parecerista e vice-versa. A avaliação envolve, pelo menos, dois pareceristas.

No parecer consolidado, emitido pelo Comitê Editorial, os autores receberão uma comunicação informando se seu texto foi aceito, rejeitado ou se necessita de alterações para publicação. No último caso, o artigo reformulado é submetido à nova rodada de avaliação. O Comitê Editorial reserva-se o direito de recusar artigos cujas modificações não atendam a contento às solicitações encaminhadas.

As submissões na forma de entrevistas, relatos de experiência e resenhas são avaliadas pelo Comitê Editorial, que decidirá pela pertinência de sua publicação, conforme os objetivos de cada seção e demandas da revista.

 

Diretrizes para Avaliadores

Os especialistas devem redigir seu parecer, de forma circunstanciada, contemplando os seguintes critérios:

 

1)      Relevância do tema para a área de estudo.

2)      Diálogo com o conhecimento já produzido sobre a temática.

3)      Pertinência e atualidade da bibliografia.

4)      Clareza na exposição do objeto de estudo, objetivos e justificativa.

5)      Rigor na utilização dos conceitos.

6)      Consistência teórico-metodológica.

7)      Pertinência, clareza e fundamentação da Metodologia Estatística empregada.

     a) Avalie e comente.

     b) Considera necessário para o caso em tela que, além da sua avaliação, seja feita para itens da Metodologia Estatística a avaliação de um estatístico? 

8)      Adequação, fundamentação e solidez argumentativa da análise.

9)      Boa estruturação do texto, com clara articulação entre as ideias.

 

Ao final da avaliação, o avaliador tem a possibilidade de escolher uma das seguintes opções oferecidas pelo sistema de gerenciamento eletrônico da revista:

  • Aceitar
  • Correções obrigatórias
  • Submeter novamente para avaliação
  • Submeter a outra revista
  • Rejeitar
  • Ver comentários

A opção “correções obrigatórias” deve ser utilizada nas situações em que o manuscrito tenha efetivo potencial de publicação. No caso de textos que exijam significativas modificações, indica-se sua rejeição. A opção “submeter novamente para avaliação” deve ser utilizada quando o parecerista considerar necessário o encaminhamento para outro especialista. A opção “ver comentários” só deve ser utilizada quando o avaliador estiver em dúvida sobre sua decisão. 

No último número de cada volume, é publicada uma lista completa com os nomes de todos os pareceristas que colaboraram com a revista ao longo do ano.

Periodicidade

Quadrimestral.

Política de Acesso Livre

Esta revista oferece acesso livre imediato ao seu conteúdo, seguindo o princípio de que disponibilizar gratuitamente o conhecimento científico ao público proporciona maior democratização mundial do conhecimento.