Confissões de uma educadora: o longo caminho de um aprendizado de avaliação

Autores

  • Léa Depresbiteris

DOI:

https://doi.org/10.18222/eae01819982251

Palavras-chave:

Avaliação da Aprendizagem, Metodologia, Testes.

Resumo

As confissões da autora refletem a experiência de uma educadora preocupada com a aprendizagem de crianças e jovens; por outro lado, acusam, igualmente, cautela na apresentação dos procedimentos avaliativos para constatação dessa aprendizagem. Inicialmente, as confissões revelam momentos de sua formação e indicam autores nacionais e estrangeiros que influenciaram o seu pensamento docimológico, expondo alguns de seus posicionamentos teóricos. Depois, passam a oferecer articuladas observações visando a responder perguntas que tem apresentado a si mesma: - qual a diferença entre avaliar o ensino e avaliar a aprendizagem? o que são critérios de avaliação? qual a diferença entre teste e prova? que outros tipos de instrumentos e técnicas existem para avaliar o desempenho dos alunos? como se avaliam os resultados da avaliação da aprendizagem? A todas essas perguntas a autora responde com ponderações e ilustrações, assinalando, entretanto, que outras respostas são igualmente possíveis.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Léa Depresbiteris

Downloads

Publicado

30-12-1998

Como Citar

DEPRESBITERIS, L. Confissões de uma educadora: o longo caminho de um aprendizado de avaliação. Estudos em Avaliação Educacional, São Paulo, n. 18, p. 33–68, 1998. DOI: 10.18222/eae01819982251. Disponível em: https://publicacoes.fcc.org.br/eae/article/view/2251. Acesso em: 6 out. 2022.

Edição

Seção

Artigos