Educação, tecnologia e indústria criativa: um estudo de caso do Wattpad

Patrícia Margarida Farias Coelho, Marcos Rogério Martins Costa, Rodrigo Otávio dos Santos

Resumo


Observando o aumento dos softwares na área da educação, este artigo investiga a utilização do aplicativo Wattpad, lançado em 2006, nas aulas de língua portuguesa do ensino médio como uma ferramenta educativa para leitura e produção de textos. Neste estudo, dois objetivos são investigados, a saber: a) apresentar as principais características da usabilidade do Wattpad; e b) propor possíveis ações de implementação do aplicativo como instrumento didático-pedagógico no ensino médio. Para tanto, apresentamos um estudo de caso no qual avaliamos as primeiras e as últimas produções escritas na plataforma Wattpad de 22 jovens de 15 a 17 anos, estudantes de uma mesma sala de 1ª série do ensino médio da rede pública do estado de São Paulo.

Educação, Leitura, Texto, Tecnologia

 

Education, technology and creative industry: a case study of Wattpad

This article investigates the use of Wattpad application, launched in 2006, in upper secondary Portuguese language classes as an educational tool for reading and writing texts. This study has two objectives: (i) to present the main usability characteristics of Wattpad and (ii) to propose possible implementation actions of the application as a didactic-pedagogical tool in upper secondary education. To this end, we present a case study in which we assessed the first and the latest written productions on Wattpad platform of 22 sutdents aged 15 to 17 years, attending the 1st year of upper secondary education in the same classroom of São Paulo state education system. 

Education, Reading, Text, Technology 

 

L’éducation, la technologie et l’industrie creative: une étude de cas de Wattpad

Cet article étudie l’utilisation de l’application Wattpad, lancée en 2006, dans les cours de langue portugaise du lycée comme outil pédagogique pour lire et écrire des textes. Dans cette étude, deux objectifs sont étudiés, à savoir: (i) présenter les principales caractéristiques d’utilisation de Wattpad et (ii) proposer des actions possibles de mise en oeuvre de l’application en tant qu’instrument didactique-pédagogique dans l’enseignement secondaire. Donc, nous présentons une étude de cas dans laquelle nous avons évalué les premières et dernières productions écrites sur la plateforme Wattpad de 22 jeunes, âgés de 15 à 17 ans, étudiants de la même salle de classe du réseau public de l’État de São Paulo. 

Éducation, Lecture, Texte, Technologie

 

Educación, tecnología e industria creativa: un estudio de caso del Wattpad 

Con la observación del aumento de software en el campo de la educación, este trabajo investiga el uso de la aplicación Wattpad, lanzada en 2006, en las clases de lengua portuguesa de secundaria como una herramienta educativa para la lectura y producción de textos. En este estudio, tenemos dos objetivos, a saber: (i) presentar las principales características de lausabilidad del Wattpad y (ii) proponer posibles acciones de implementación de la aplicación como instrumento didáctico-pedagógico en secundaria. Por lo tanto, presentamos un estúdio de caso en el que evaluamos las primeras y últimas producciones escritas en la plataforma Wattpad de 22 jóvenes de 15 a 17 años, estudiantes de una misma aula de 1er año de secundaria de la red pública del Estado de São Paulo.

Educación, Lectura, Texto, Tecnología


Palavras-chave


Educação, Leitura, Texto, Tecnologia

Texto completo:

PDF PDF (English)

Referências


AYTAN, Talat. Evaluation of electronic writing experiences of Turkish teacher candidates at Wattpad environment. Higher Education Studies, Toronto, v. 7, n. 4, p. 1-8, 2017. Disponível em: https://files.eric.ed.gov/fulltext/EJ1157502.pdf. Acesso em: 10 nov. 2018.

ANDRÉ, Marli Eliza Dalmazo Afonso de. Estudo de caso em pesquisa e avaliação educacional. Brasília: Liber Livro, 2005.

ANTUNES, Irandé. Muito além da gramática: por um ensino de línguas sem pedras no caminho. São Paulo: Parábola, 2007.

BAKHTIN, Mikhail. Gêneros do discurso. Tradução Paulo Bezerra. São Paulo: 34, 2016.

BAL, Mazhar. Reading and writing experiences of middle school students in the digital age: Wattpad sample. International Journal of Education & Literacy Studies, Melbourne, v. 6, n. 2, p. 89-100, 2018. Disponível em: http://journals.aiac.org.au/index.php/IJELS/article/view/4439/3441. Acesso em: 10 nov. 2018.

BARBEIRO, Luis. Profundidade do processo da escrita. Educação & Comunicação, Leiria, v. 5, p. 64-76, jun. 2001. Disponível em: https://www.iconline.ipleiria.pt/bitstream/10400.8/237/1/n5_art9.pdf.Acesso em: 10 nov. 2018.

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria da Educação Básica. Base nacional curricular comum: educação é a base. Brasília: Ministério da Educação/Secretaria de Educação Básica, 2018.

BENJAMIN, Walter. Magia e técnica, arte e política. Tradução Sergio Paulo Rouanet. São Paulo: Brasiliense, 1994.

BRITO, Gláucia da Silva. A linguagem utilizada na internet. [Entrevista cedida a] @educacional. Rio de Janeiro, ago. 2006. Disponível em: http://www.educacional.com.br/entrevistas/interativa_adultos/entrevista008_imprimir. asp?strTitulo=A%20linguagem%20utilizada%20na%20Internet. Acesso em: 10 nov. 2018.

CASTILHO, Ataliba Teixeira de. Nova gramática do português brasileiro. São Paulo: Contexto, 2010.

CAVALLO, Guglielmo; CHARTIER, Roger. História da leitura no mundo ocidental. Tradução Fulvia M. L. Moretto, Guacira Marcondes Machado e José Antônio de Macedo Soares. São Paulo: Ática, 2002.

CHARTIER, Roger. A aventura do livro. Tradução Reginaldo Carmello Corrêa de Moraes. São Paulo: Unesp, 1999.

CHIEREGATTI, Ana Aparecida. Mídium e gestão dos espaços canônico e associado nas plataformas colaborativas Wattpad e Widbook. 241 f. Dissertação (Mestrado em Letras) – Universidade Federal de São Carlos, São Carlos, 2018.

COELHO, Fábio André; PALOMANES, Roza. Ensino de produção textual. São Paulo: Contexto, 2016.

COELHO, Patrícia Margarida Farias; COSTA, Marcos Rogério Martins; SANTOS, Rodrigo Otávio dos. Wattpad: una nueva forma de escribir libros en el siglo XXI. In: VIÑES, Victoria Tur; MEDINA, Irene García; MARÍ, Tatiana Hidalgo (coord.). Creative Industries Global Conference: Libro de actas. Alicante, Espanha: Colección Mundo Digital de Revista Mediterránea de Comunicación, 2018. p. 117-125.

COSCARELLI, Carla Viana; RIBEIRO, Ana Elisa (org.). Letramento digital: aspectos sociais e possibilidades pedagógicas. Belo Horizonte: Autêntica, 2005.

COSTA, Marcos Rogério Martins; COELHO, Patrícia Margarida Farias; MEDINA, Irene Garcia. The written production of argumentative and dissertation text: a didactic project based on Bakhtin’s philosophy. ETD - Educação Temática Digital, Campinas, v. 20, n. 2, p. 518-538, abr./jun. 2018.

CYSNEIROS, Paulo Gileno. Professores e máquinas: uma concepção de informática na educação. In: CONGRESSO DA RIBIE – REDE IBEROAMERICANA DE INFORMÁTICA EDUCATIVA, Anais [...]. Barraquilha, Colômbia, 1996.

Disponível em: http:/edutec.net/textos/alia/PROINFO/prf_txtie08.htm. Acesso em: 10 nov. 2018.

DEGENNE, Alain; FORSÉ, Michel. Introducing social networks. London: Sage, 1999.

FERRAREZI JR., Celso; CARVALHO, Robson Santos de. Produzir textos na educação básica: o que saber, como fazer. São Paulo: Parábola, 2015.

GARCEZ, Lucília Helena do Carmo. A escrita e o outro: os modos de participação na construção do texto. Brasília: Editora UnB, 1998.

GIL, Antonio Carlos. Como elaborar projetos de pesquisa. 7. ed. São Paulo: Atlas, 2013. JENKINS, Henry. Cultura da convergência. Tradução Susana Alexandria. São Paulo: Aleph, 2009.

MANGUEL, Alberto. Uma história da leitura. São Paulo: Companhia das Letras, 1997. MARCIAL, Ana Katrina. Descriptors of social media use in higher education. ASEAN Journal of Open Distance Learning, Jacarta, v. 8, n. 2, p. 12-23, dez. 2016. Disponível em: http://ajodl.oum.edu.my/sites/default/files/document/vol8-no2/P2%20AJODL% 20v8no2.pdf. Acesso em: 10 nov. 2018.

MARCUSCHI, Luiz Antonio. Da fala para a escrita: atividades de retextualização. 2. ed. São Paulo: Cortez, 2001

McLUHAN, Marc. Os meios de comunicação como extensões do homem. São Paulo: Cultrix, 2007.

PIZA, Caio; NASCIMENTO, Thiago; ARESTA, Marta; SOARES, Janaína. Experiências de avaliação de impacto no terceiro setor. Estudos DEPLAN – Departamento de Planejamento Governamental do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, n. 10, p. 157-164, jun. 2018.

PLAZA, Júlio. Arte e interatividade: autor-obra-recepção. Revista Ars, São Paulo, n. 2. p. 9-29, 1990. Disponível em: http://www.cap.eca.usp.br/ars2/arteeinteratividade.pdf. Acesso em: 10 nov. 2018.

RECUERO, Raquel. Redes sociais na internet. Porto Alegre: Sulina, 2011.

ROMÃO, José Eustáquio. Avaliação na educação: por que a moda? Revista Educación, Política y Sociedad, Madri, n. 4, v. 1, p. 33-54, jan./jun. 2018.

SANTAELLA, Lúcia. Comunicação ubíqua: repercussões na cultura e na educação. São Paulo: Paulus, 2013.

SINDICATO NACIONAL DOS EDITORES DE LIVRO – SNEL. Convenção Coletiva de Trabalho 2016/2017. Rio de Janeiro: SNEL, 2017. Disponível em: https://snel.org.br/wp/wp-content/uploads/2018/06/rio-dejaneiro-2016-2017.pdf. Acesso em: 10 nov. 2018.

SOARES, Magda. Letramento: um tema em três gêneros. Belo Horizonte: Autêntica. 1998.

SOARES, Magda. Novas práticas de leitura e escrita: letramento na cibercultura. Educação e Sociedade, Campinas, v. 23, n. 81, p. 143-160, dez. 2002. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/es/v23n81/13935. Acesso em: 10 nov. 2018.

TERRA, Ernani. Da leitura literária à produção de textos. São Paulo: Contexto, 2018.

WASSERMAN, Stanly; FAUST, Katherine. Social network analysis: methods and applications. Cambridge, UK: Cambridge University Press, 1994.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Financiadores: