Uma análise dos resultados educacionais dos estados brasileiros

Autores

DOI:

https://doi.org/10.18222/eae.v31i78.7073

Palavras-chave:

Avaliação da Educação, Indicadores Educacionais, Eficiência, Qualidade da Educação

Resumo

O objetivo deste trabalho é analisar os indicadores da qualidade educacional dos estados brasileiros entre os anos de 2007 e 2017, bem como apresentar uma medida de eficiência técnica para eles. Utilizou-se o método de fronteira estocástica para os anos finais do ensino fundamental e o ensino médio, encontrando evidências que favorecem a importância da qualificação do docente e do tamanho da turma para melhores desempenhos no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica. O estudo também mostra que a estrutura escolar obteve resultados negativos para o desempenho no ensino médio e que as escolas responsáveis pelos anos finais do ensino fundamental foram eficientes na realização do gasto, enquanto o ensino médio apresentou ineficiência dos gastos públicos estaduais em educação.

Biografia do Autor

Gustavo Saraiva Frio, Universidade de Brasília (UnB), Brasília-DF, Brasil.

Pós-doutorando no Programa de Pós-Graduação em Saúde Coletiva (PPGSC) da Universidade de Brasília (UnB). Doutor em Economia pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. Mestre em Economia Aplicada pela Universidade Federal de Pelotas

Referências

AFONSO, António; AUBYN, Miguel St. Non-parametric approaches to education and health efficiency in OECD countries. Journal of Applied Economics, v. 8, n. 2, p. 227-246, Nov. 2005.

AFONSO, António; FERNANDES, Sónia. Assessing and explaining the relative efficiency of local government. The Journal of Socio-Economics, v. 37, n. 5, p. 1946-1979, Oct. 2008.

AFONSO, António; ROMERO, Alma; MONSALVE, Emma. Public sector efficiency: evidence for Latin America. [S.l.]: Banco Interamericano de Desenvolvimento, 2013.

AFONSO, António; SCHUKNECHT, Ludger; TANZI, Vito. Public sector efficiency: an international comparison. Frankfurt: European Central Bank, 2003.

AFONSO, António; SCHUKNECHT, Ludger; TANZI, Vito. Public sector efficiency: an international comparison. Public Choice, v. 123, n. 3-4, p. 321-347, June 2005.

AFONSO, António; SCHUKNECHT, Ludger; TANZI, Vito. Public sector efficiency: evidence for new EU member states and emerging markets. Applied Economics, v. 42, n. 17, p. 2147-2164, Feb. 2010.

AGÊNCIA SENADO. Emenda Constitucional que garante a permanência do Fundeb é promulgada. Senado Notícias, 26 ago. 2020. Disponível em: https://www12.senado.leg.br/noticias/materias/2020/08/26/emenda-constitucional-que-garante-a-permanencia-do-fundeb-e-promulgada. Acesso em: 4 set. 2020.

AIGNER, Dennis; LOVELL, C. A. Knox; SCHMIDT, Peter. Formulation and estimation of stochastic frontier production function models. Journal of Econometrics, v. 6, n. 1, p. 21-37, July 1977.727 Estud. Aval. Educ., São Paulo, v. 31, n. 78, p. 699-732, set./dez. 2020, ISSN 0103-6831, e-ISSN 1984-932X

ALMEIDA, Aléssio Tony Cavalcanti de; AGUIAR, Margarida Noélia Cunha de. Eficiência dos gastos públicos em educação básica dos municípios nordestinos: 2007 a 2013. Revista Econômica do Nordeste, Fortaleza, v. 48, n. 4, p. 55-71, out./dez. 2017.

ALVES, Francione Charapa; FIALHO, Lia Machado Fiuza; LIMA, Maria Socorro Lucena. Formação em pesquisa para professores da educação básica. Revista Tempos e Espaços em Educação, São Cristóvão, SE, v. 11, n. 27, p. 285-300, set. 2018.

ALVES, Márcia da Conceição Pereira; BARROS, Renata Chrystina Bianchi de; CARROZZA, Guilherme. O Ideb e seus efeitos de sentido na Educação Básica do Brasil. Revista Interfaces, Guarapuava, PR, v. 9, n. 2, p. 29-40, jul./set. 2018.

ALVES, Pedro Jorge Holanda; ARAÚJO, Jevuks Matheus de. A study on the educational results obtained by municipalities of Paraiba in the years 2011, 2013 and 2015. Ensaio: Avaliação e Políticas Públicas em Educação, Rio de Janeiro, v. 26, n. 100, p. 1038-1057, jul./set. 2018.

AUBYN, Miguel St.; GARCIA, Filomena; PAIS, Joana. Study on the efficiency and effectiveness of public spending on tertiary education. Bruxelas: Directorate General of Economic and Financial Affairs, European Commission, 2009.

BARROS, Ricardo Paes de; HENRIQUES, Ricardo; MENDONÇA, Rosane Silva Pinto de. A estabilidade inaceitável: desigualdade e pobreza no Brasil. Brasília: Ipea, 2001. (Textos para Discussão, 800).

BATTESE, George Edward; COELLI, Tim J. Prediction of firm-level technical efficiencies with a generalized frontier production function and panel data. Journal of Econometrics, v. 38, n. 3, p. 387-399, July 1988.

BATTESE, George Edward; COELLI, Tim J. Frontier production functions, technical efficiency and panel data: with application to paddy farmers in India. Journal of Productivity Analysis, v. 3, n. 1, p. 153-169, 1992.

BATTESE, George Edward; COELLI, Tim J. A model for technical inefficiency effects in a stochastic frontier production function for panel data. Empirical Economics, v. 20, n. 2, p. 325-332, June 1995.

BERTÊ, Ana Maria de Aveline; BORGES, Clayton Brito; BRUNET, Júlio Francisco Gregory. Qualidade do gasto público em educação nas redes públicas estaduais e municipais. XIII Prêmio Tesouro Nacional, 2008.

BISSOLI, Ana Cristina da Silva. Evasão escolar: o caso do Colégio Estadual Antonio Francisco Lisboa, 2010. Disponível em: http://www.repositorio.seap.pr.gov.br/arquivos/File/artigos/educacao/evasao_escolar.pdf. Acesso em: 20 maio 2017.

BRASIL. Constituição da República Federativa do Brasil, de 5 de outubro de 1988. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 5 out. 1988. p. 1. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/constituicao.htm. Acesso em: 10 dez. 2020.

BRASIL. Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira – Inep. Sinopse Estatística da Educação Básica 2017. Brasília, 2018. Disponível em: http://portal.inep.gov.br/sinopses-estatisticas-da-educacao-basica. Acesso em: 20 jan. 2017.728 Estud. Aval. Educ., São Paulo, v. 31, n. 78, p. 699-732, set./dez. 2020, ISSN 0103-6831, e-ISSN 1984-932X

BRASIL. Lei n. 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 23 dez. 1996. p. 27833.

BRASIL. Movimento Todos pela Educação. 2006. Disponível em: http://www.todospelaeducacao.org.br/institucional/quem-somos. Acesso em: 16 fev. 2017.

BRASIL. Plano Nacional de Educação. 2001. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/arquivos/pdf/pne.pdf. Acesso em: 10 jan 2017.

BRASIL. Secretaria do Tesouro Nacional – STN. Finbra 2017. Brasília, 2017. Disponível em: https://www.gov.br/tesouronacional/pt-br/estados-e-municipios/dados-consolidados/finbra-financas-municipais. Acesso em: 11 fev. 2017.

CARD, David; KRUEGER, Alan B. Labor market effects of school quality: theory and evidence. Cambridge, MA: National Bureau of Economic Research, 1996.

COLEMAN, James S. et al. Equality of educational opportunity. In: KEEVES, John P.; WATANABE, Ryo (org.). International handbook of educational research in the Asia-Pacific region. Dordrecht: Kluwer Academic Publishers, 1966. p. 143-154.

COWAN, James; GOLDHABER, Dan. National Board certification and teacher effectiveness: evidence from Washington State. Journal of Research on Educational Effectiveness, v. 9, n. 3, p. 233-258, May 2016.

DAVIES, Nicholas; ALCÂNTARA, Alzira Batalha. A evolução das matrículas na educação básica no Brasil. Revista HISTEDBR On-line, Campinas, SP, v. 20, e020016, 2020.

DIAZ, Maria Dolores Montoya. Qualidade do gasto público em educação no Brasil. Relatório Parcial. Instituto Brasileiro de Ética Concorrencial–ETCO, p. 47, nov. 2007.

DYNARSKI, Susan; HYMAN, Joshua; SCHANZENBACH, Diane Whitmore. Experimental evidence on the effect of childhood investments on postsecondary attainment and degree completion. Journal of Policy Analysis and Management, v. 32, n. 4, p. 692-717, Fall 2013.

FERNANDES, Reynaldo. Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB): metas intermediárias para a sua trajetória no Brasil, estados, municípios e escolas. Brasília: MEC/Inep, 2007.

FERNANDES, Reynaldo; NARITA, Renata del Tedesco. Instrução superior e mercado de trabalho no Brasil. Economia Aplicada, São Paulo, v. 5, n. 1, p. 7-32, jan./mar. 2001.

FERREIRA, Nádia dos Santos; FERREIRA, Stefanny Bárbara de Jesus; SANTOS, Marcelo Henrique Pereira dos; ARAUJO, Edilson Pinheiro. Avaliação educacional em larga escala: uma análise sobre os resultados do Ideb e a visão dos gestores das escolas públicas do município de Salgueiro/PE. Revista Opara, Paulo Afonso, BA, v. 8, n. 2, p. 26-41, 2018.

FILMER, Deon; PRITCHETT, Lant. The effect of household wealth on educational attainment: evidence from 35 countries. Population and Development Review, v. 25, n. 1, p. 85-120, Mar. 1999.

FRIO, Gustavo Saraiva; FOCHEZATTO, Adelar; TRIACA, Lívia Madeira; FINN, Eduardo Schirmer; BRAATZ, Jacó. Eficiência na educação: uma análise por escola no Rio Grande do Sul utilizando o método DEA em dois estágios. Revista Brasileira de Estudos Regionais e Urbanos, Curitiba, v. 12, n. 1, p. 74-89, jul. 2018.729 Estud. Aval. Educ., São Paulo, v. 31, n. 78, p. 699-732, set./dez. 2020, ISSN 0103-6831, e-ISSN 1984-932X

GONÇALVES, Flávio de Oliveira; FRANÇA, Marco Túlio Aniceto. Eficiência na provisão de educação pública municipal: uma análise em três estágios dos municípios brasileiros. Estudos Econômicos, São Paulo, v. 43, n. 2, p. 271-299, abr./jun. 2013.

GREENE, William H. A gamma-distributed stochastic frontier model. Journal of Econometrics, v. 46, n. 1-2, p. 141-163, Oct./Nov. 1990.

GUPTA, Sanjeev; VERHOEVEN, Marijn; TIONGSON, Erwin. R. The effectiveness of government spending on education and health care in developing and transition economies. European Journal of Political Economy, v. 18, n. 4, p. 717-737, Nov. 2002.

GURYAN, Jonathan. Does money matter? Regression-discontinuity estimates from education finance reform in Massachusetts. Cambridge, MA: National Bureau of Economic Research, 2001.

HANUSHEK, Eric A. Interpreting recent research on schooling in developing countries. The World Bank Research Observer, v. 10, n. 2, p. 227-246, Aug. 1995.

HANUSHEK, Eric A.; RAYMOND, Margaret E. Does school accountability lead to improved student performance? Journal of Policy Analysis and Management, v. 24, n. 2, p. 297-327, Spring 2005.

HECKMAN, James J. The case for investing in disadvantaged young children. CESifo DICE Report, v. 6, n. 2, p. 3-8, Summer 2008.

HEINIGER, Melina; IMDORF, Christian. The role of vocational education in the transmission of gender segregation from education to employment: Switzerland and Bulgaria compared. Journal for Labour Market Research, v. 52, n. 1, p. 1-21, Dec. 2018.

HERRERA, Santiago; PANG, Gaobo. Efficiency of public spending in developing countries: an efficiency frontier approach. Washington, DC: The World Bank, 2005.

HOXBY, Caroline M. The effects of class size on student achievement: new evidence from population variation. The Quarterly Journal of Economics, v. 115, n. 4, p. 1239-1285, Nov. 2000.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA – IBGE. Banco de dados do Sidra. Disponível em: https://sidra.ibge.gov.br/home/ipp/brasil. Acesso em: 11 fev. 2017.

JACOB, Brian; ROCKOFF, Jonah E.; TAYLOR, Eric S.; LINDY, Benjamin; ROSEN, Rachel. Teacher applicant hiring and teacher performance: evidence from DC public schools. Journal of Public Economics, v. 166, p. 81-97, Oct. 2018.

JEPSEN, Christopher; RIVKIN, Steven. Class size reduction and student achievement the potential tradeoff between teacher quality and class size. Journal of Human Resources, v. 44, n. 1, p. 223-250, Winter 2009.

KODDE, David A.; PALM, Franz C. Wald criteria for jointly testing equality and inequality restrictions. Econometrica, v. 54, n. 5, p. 1243-1248, Sept. 1986.

KUMBHAKAR, Subal C.; LOVELL, C. A. Knox. Stochastic Frontier Analysis. Cambridge: Cambridge University Press, 2000.

LEUVEN, Edwin; LØKKEN, Sturla A. Long-term impacts of class size in compulsory school. Journal of Human Resources, v. 55, n. 1, p. 309-348, Aug. 2018.730 Estud. Aval. Educ., São Paulo, v. 31, n. 78, p. 699-732, set./dez. 2020, ISSN 0103-6831, e-ISSN 1984-932X

LIBÂNEO, José Carlos. Didática e epistemologia: para além do embate entre a didática e as didáticas específicas. In: VEIGA, Ilma P. A.; DÁVILA, Cristina Maria. Profissão docente: novos sentidos, novas perspectivas. 2. ed. Campinas, SP: Papirus, 2008.

MACÊDO, Francisca Francivânia Rodrigues Ribeiro; KLOEPPEL, Nilton Roberto; RODRIGUES JUNIOR, Moacir Manoel; SCARPIN, Jorge Eduardo. Análise da eficiência dos recursos públicos direcionados à educação: estudo nos municípios do Estado do Paraná. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE CUSTOS, 19, 12 a 14 de novembro de 2012, Bento Gonçalves, RS. Anais [...], Bento Gonçalves, RS: Associação Brasileira de Custos, 2012. p. 1-16.

MACGREGOR, Karen. South Africa: student drop-out rates alarming. University World News, 28 Oct. 2007. Disponível em: https://www.universityworldnews.com/post.php?story=20071025102245380. Acesso em: dez. 2018.

MADURO JÚNIOR, Paulo Rogério Rodrigues. Taxas de matrícula e gastos em educação no Brasil. 2007.Dissertação (Mestrado em Economia) – Fundação Getúlio Vargas, Rio de Janeiro, 2007.

MANDL, Ulrike; DIERX, Adriaan; ILZKOVITZ, Fabienne. The effectiveness and efficiency of public spending. Bruxelas: Directorate General of Economic and Financial Affairs, European Commission, 2008.

MARINHO, Emerson; ATALIBA, Flávio. Avaliação do crescimento da produtividade e progresso tecnológico dos estados do Nordeste com o uso da fronteira de produção estocástica. Pesquisa e Planejamento Econômico, Rio de Janeiro, v. 30, n. 3, p. 427-452, dez. 2000.

MARZOCCHI, Maura; OLIVEIRA, Adailda Gomes. Interlocução entre autonomia escolar e desempenho: quais as analogias possíveis. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE SOCIOLOGIA, 14., 2009, Rio de Janeiro. Anais [...]. Rio de Janeiro: SBS, 2009.

MATOS, Daniel Abud Seabra; RODRIGUES, Erica Castilho. Indicadores educacionais e contexto escolar: uma análise das metas do Ideb. Estudos em Avaliação Educacional, São Paulo, v. 27, n. 66, p. 662-688, set./dez. 2016.

MEEUSEN, Wim; VAN DEN BROECK, Julien. Efficiency estimation from Cobb-Douglas production functions with composed error. International Economic Review, v. 18, n. 2, p. 435-444, jun. 1977.

MINCER, Jacob. Schooling, experience, and earnings. New York: Columbia University Press, 1974.

MONTEIRO, Joana; ROCHA, Rudi. Drug battles and school achievement: evidence from Rio de Janeiro’s favelas. Review of Economics and Statistics, v. 99, n. 2, p. 213-228, May 2017.

MUSGRAVE, Richard A. A multiple theory of budget determination. FinanzArchiv, v. 17, n. 3, p. 333-343, 1956.

ORGANIZAÇÃO PARA A COOPERAÇÃO E DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO – OCDE. OECD database. 2017.Disponível em: https://stats.oecd.org/Index.aspx?DataSetCode=EAG_EARNINGS. Acesso em: 15 mar. 2017.ORGANIZAÇÃO PARA A COOPERAÇÃO E DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO – OCDE. Pisa 2009 results: overcoming social background. Paris: OCDE, 2010.731 Estud. Aval. Educ., São Paulo, v. 31, n. 78, p. 699-732, set./dez. 2020, ISSN 0103-6831, e-ISSN 1984-932X

PEREIRA, Manuel Coutinho; MOREIRA, Sara. Eficiência das escolas secundárias portuguesas: uma análise de fronteira de produção estocástica. Boletim Económico do Banco de Portugal, v. 13, n. 1, p. 101-118, primavera 2007.PROGRAMA DAS NAÇÕES UNIDAS PARA O DESENVOLVIMENTO – PNUD. Disponível em: http://www.br.undp.org/. Acesso em: 25 jan. 2017.

QUTB, Rasha Muhammad. Analyzing the external and internal efficiency considerations in public subsidization of education in Egypt. Journal of Economics and Sustainable Development, v. 7, n. 12, p. 164-172, 2016.

SCARPIN, Jorge Eduardo; MACÊDO, Francisca Francivânia Rodrigues Ribeiro; STAROSKY FILHO, Loriberto; RODRIGUES JÚNIOR, Moacir Manoel. Análise da eficiência dos recursos públicos direcionados à educação: estudo nos municípios do estado de Santa Catarina. Gestão Pública: Práticas e Desafios, Recife, v. 3, n. 2, p. 27-48, dez. 2012.

SCHULTZ, Theodore W. Investment in human capital. The American Economic Review, v. 51, n. 1, p. 1-17, Mar. 1961.

SILVA, Nelson do Valle; HASENBALG, Carlos. Tendências da desigualdade educacional no Brasil. Dados: Revista de Ciências Sociais, Rio de Janeiro, v. 43, n. 3, p. 423-445, 2000.

SILVA, Givanildo da; SILVA, Alex Vieira da; SANTOS, Inalda Maria dos. O Ideb e as políticas públicas educacionais: estratégias, efeitos e consequências. Revista Exitus, Santarém, PA, v. 9, n. 1, p. 258-285, jan./mar. 2019. Disponível em: https://doi.org/10.24065/2237-9460.2019v9n1ID723. Acesso em: 11 out. 2019.

SOARES, José Francisco; XAVIER, Flávia Pereira. Pressupostos educacionais e estatísticos do Ideb. Educação & Sociedade, Campinas, SP, v. 34, n. 124, p. 903-923, set. 2013.

SOUSA, Uelitania Dantas de; SANTOS, Josaias Santana dos; CALADO, João Eudes de Souza; CAVALCANTE JÚNIOR, Florisvaldo Cunha; SOUSA, Wellington Dantas de. Gastos públicos com educação e meta do Ideb no ensino fundamental: uma análise dos municípios do sertão de Pernambuco. Brazilian Journal of Development, Curitiba, v. 4, n. 5, Edição Especial, p. 2578-2599, ago. 2018.

SOUZA, Wallace Patrick Santos de Farias; OLIVEIRA, Victor Rodrigues de; ANNEGUES, Ana Cláudia. Background familiar e desempenho escolar: uma abordagem não paramétrica. Pesquisa e Planejamento Econômico, v. 48, n. 2, p. 133-162, ago. 2018.

STEVENSON, Rodney E. Likelihood functions for generalized stochastic frontier estimation. Journal of Econometrics, v. 13, n. 1, p. 57-66, May 1980.

SUTHERLAND, Douglas; PRICE, Robert; JOUMARD, Isabelle; NICQ, Chantal. Performance indicators for public spending efficiency in primary and secondary education. [S.l.]: OCDE, 2007. (Economics Department Working Papers, n. 546).

VARIAN, Hal R. Markets for information goods. Tóquio: Institute for Monetary and Economic Studies, Bank of Japan, 1999.

WANG, Hung-Jen. Heteroscedasticity and non-monotonic efficiency effects of a stochastic frontier model. Journal of Productivity Analysis, v. 18, n. 3, p. 241-253, Nov. 2002.

Downloads

Publicado

18-03-2021

Edição

Seção

Artigos