Avaliação na educação infantil e formação contínua de professores

Autores

  • Juliana Corrêa Moreira Rede Pública Municipal de Santa Maria; Grupo de Investigação e Estudos Contemporâneos sobre a Educação Infantil (GIECEI), Santa Maria, Rio Grande do Sul, Brasil
  • Cleonice Maria Tomazzetti Universidade Federal de Santa Maria (UFSM); Grupo de Investigação e Estudos Contemporâneos sobre a Educação Infantil (GIECEI), Santa Maria, Rio Grande do Sul, Brasil http://orcid.org/0000-0002-1976-4604

DOI:

https://doi.org/10.18222/eae.v0ix.4507

Palavras-chave:

Avaliação da Educação, Investigação-Ação, Formação Contínua, Educação Infantil.

Resumo

Este artigo trata dos resultados a que se chegou na pesquisa de mestrado, desenvolvida por meio de uma investigação-ação educacional (IAE) com o grupo de professoras de uma instituição pública de educação infantil da rede municipal de Santa Maria, Rio Grande do Sul, Brasil. Focalizou a avaliação na educação infantil buscando compreender sua relação com a qualidade das práticas pedagógicas das professoras que atuam junto às crianças menores de 3 anos. O estudo investigou as práticas avaliativas que se realizam naquele contexto, tendo em vista a qualificação das práticas pedagógicas a partir do processo reflexivo gerado nas professoras. Os resultados indicam que esse é um processo em desenvolvimento no contexto pesquisado, além de  evidenciarem  a  potencialidade da avaliação para a formação contínua dos professores e, consequentemente, a qualificação dos contextos educativos para a infância.Palavras-chave: Avaliação da Educação, Investigação-ação, Formação Contínua, Educação Infantil. Evaluación en la educación infantil y formación continuada de profesoresEste artículo trata de los resultados que se obtuvieron en una investigación de maestría, desarrollada por medio de una Investigación-Acción Educacional (IAE) con el grupo de maestras de una institución pública de educación infantil de la red municipal de Santa Maria, Rio Grande do Sul, Brasil. Se enfocó la evaluación en la educación infantil tratando de comprender su relación con la calidad de las prácticas pedagógicas de las docentes que actúan con niños menores de 3 años. El estudio investigó las prácticas evaluativas que se realizan en aquel contexto teniendo en cuenta la cualificación de las prácticas pedagógicas a partir del proceso reflexivo generado en las maestras. Los resultados indican que éste es un proceso en desarrollo en el contexto investigado, además de evidenciar la potencialidad de la evaluación para la formación continuada de los profesores y, por consiguiente, para la cualificación de los contextos educativos para la infancia.Palabras clave: Evaluación de la Educación, Investigación-acción, Formación Continuada, Educación Infantil. Evaluation in preschool and ongoing teacher trainingThis article presents results that were gathered during a Master’s study developed using an Educational Investigative-Action (EIA) method with a group of teachers from a public institution of preschool education in the municipal school system of Santa Maria, Rio Grande do Sul. The focus of the study was the evaluation used in preschool, in order to understand its relation to the quality of the pedagogical practices of teachers who work with children less than 3 years old. In addition, the present study investigated the evaluation practices performed in that context, bearing in mind the qualification of the pedagogic practices based on reflective process generated in the teachers. The results indicate that this is a process under development in the studied context. Furthermore, the potential of evaluation for ongoing teacher training is made evident and, consequently, for the qualification of childhood educational contexts.Keywords: Educational Evaluation, Investigative Action, Ongoing Training, Preschool Education.

Biografia do Autor

Juliana Corrêa Moreira, Rede Pública Municipal de Santa Maria; Grupo de Investigação e Estudos Contemporâneos sobre a Educação Infantil (GIECEI), Santa Maria, Rio Grande do Sul, Brasil

Pedagoga (UFSM/2002); Especialista em Docência na Educação Infantil (UFSM/ 2013); Mestre em Educação (PPGE/UFSM/2015). Atualmente é professora de Educação Infantil na Rede Pública Municipal de Santa Maria/RS, Brasil.

Cleonice Maria Tomazzetti, Universidade Federal de Santa Maria (UFSM); Grupo de Investigação e Estudos Contemporâneos sobre a Educação Infantil (GIECEI), Santa Maria, Rio Grande do Sul, Brasil

Pedagoga, professora do ensino superior, formadora de professores para a educação básica, com ênfase para a área da Educação Infantil. Atualmente é professora colaboradora na UFSCar, atuando junto ao Departamento de Teorias e Práticas Pedagógicas (CECH) como professora na graduação em Pedagogia e no Programa de Pós Graduação em Educação - Mestrado Profissional em Educação (2014-2018), e no Programa de Pós Graduação em Educação da UFSM como orientadora, desde 2008.

Referências

BARBIER, R. A pesquisa-ação. Tradução de Lucie Didio. Brasília, DF: Plano, 2002.

BARBOSA, M. C. Práticas cotidianas na educação infantil. Brasília, DF: Ministério da Educação 2009.

BRASIL. Constituição Federal. Brasília, DF: Senado, 1988.

BRASIL. Lei n. 9394 de 20 de dezembro de 1996. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Brasília, DF: Ministério da Educação, 1996.

BRASIL. Ministério da Educação e do Desporto. Secretaria de Educação Fundamental. Referencial curricular nacional para a educação infantil. Brasília, DF: MEC/SEF, 1998. 3. v.: il.

BRASIL. Resolução n. 5 de 17 de dezembro de 2009. Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Infantil. Brasília, DF: CNE/CEB/Ministério da Educação, 2009.

BRASIL. Educação infantil: subsídios para a construção de uma sistemática de avaliação. Brasília, DF: Grupo de Trabalho de Avaliação da Educação Infantil, 2012. Disponível em: <http://portal.mec.gov.br/>. Acesso em: 26 out. 2013.

DIDONET, V. Avaliação na e da educação infantil. In: GUIMARÃES, C. M.; CARDONA, M. J.; OLIVEIRA, D. R. (Org.) Fundamentos e práticas da avaliação na educação infantil. Porto Alegre: Mediação, 2014. p. 339 -355.

ELLIOTT, J. What is action- research in school? Journal of Curriculum Studies, v. 10, n. 4, p. 335-7, 1978.

ELLIOTT, J. La investigación-acción em educación. 4. ed. S. L.: Ediciones Morata, 2000.

ELLIOTT, J. Bulding educational theory through action research. In: NOFKES, S.; SOMEKH, B. (Ed.). The SAGE handbook of educational action research. Londres: Sage Publications, 2010, p. 28-38.

FREIRE, P. Conscientização: teoria e prática da libertação – uma introdução ao pensamento de Paulo Freire. São Paulo: Centauro, 2001.

FREIRE, P. Pedagogia do oprimido. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2005.

FREIRE, P. Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. 41. ed. São Paulo: Paz e Terra, 2010. (Coleção Leitura).

FREIRE, P. Ação cultural para a liberdade e outros escritos. 14. ed. (rev. e atual.). Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2011.

GIL, A. C. Como elaborar projetos de pesquisa. 4. ed. São Paulo: Atlas, 2006.

HOFFMANN, J. Avaliação e educação infantil: um olhar sensível e reflexivo sobre a criança. 18. ed. Porto Alegre: Mediação, 2012.

LUCKESI, C. C. Avaliação da aprendizagem componente do ato pedagógico. São Paulo: Cortez, 2011.

MOREIRA, J. C. Avaliação na educação infantil: a documentação pedagógica e as práticas docentes no contexto dos direitos das crianças. 2015. 150 f. Dissertação (Mestrado em Educação), Santa Maria, RS, 2015.

MORO, C. S. Olhar para a infância. Revista Escola Pública, Ano IV, n. 26, p. 3-6, abr./maio 2012. Entrevista. Disponível em: <http://hom.gerenciadordeconteudo.com.br/produtos/ESEP/textos/26/olhar-para-a- infancia-257910-1.asp>. Acesso em: 28 set. 2013.

Downloads

Publicado

31-08-2018

Edição

Seção

Artigos