Para a noção de transformação curricular

José Augusto Pacheco

Resumo


Neste artigo é evidenciada a relação entre currículo e conhecimento, abordando-se o conhecimento escolar na sua seleção, organização e transformação, a partir de uma revisão do conceito de transposição didática e da proposição dos conceitos de transformação curricular e transformação didática. Qualquer debate sobre o currículo exige a dilucidação do conhecimento e uma reflexão sobre os seus diversos significados, sobretudo quando a educação se torna num projeto amplo de questionamento da realidade social. Para além de várias questões colocadas acerca do conhecimento escolar e do modo como a sua organização pode ser realizada, procura-se centrar o debate numa reflexão sobre as fronteiras entre conhecimentos e esclarecer que, sobre essa temática, jamais poderão existir respostas fechadas.

 

 


Palavras-chave


Currículo; Conhecimento; Transformação Curricular; Transformação Didática.

Texto completo:

PDF

Referências


ADORNO, Theodor W. Educação e emancipação. 6. ed. São Paulo: Paz e Terra, 2011 [1971].

APPLE, Michael W. Can education change society? New York: Routledge, 2013.

BEDIN, Vèronique; FOURNIER, Martine. Aprender. Lisboa: Texto & Grafia, 2015.

BERNSTEIN, Basil. On the classification and framing of educational knowledge. In: YOUNG, M. (Ed.). Knowledge and control: new directions for the Sociology of Education. London: Collier Macmillan, 1971. p. 47-69.

BERNSTEIN, Basil. A estruturação do discurso pedagógico: classe, códigos e controle. Petrópolis: Vozes, 1996.

BIESTA, Gert. Para além da aprendizagem: educação democrática para um futuro humano. Belo Horizonte: Autêntica, 2013.

BOGHOSSIAN, Paul. O medo do conhecimento: contra o relativismo e o construtivismo. Lisboa: Gradiva, 2015.

BRUNER, Jerome. Towards a theory of instruction. Cambridge: Harvard University Press, 1966.

CHARLOT, Bernard. Da relação com o saber às práticas educativas. São Paulo: Cortez, 2013.

CHERVEL, André. História das disciplinas escolares: reflexões sobre um campo de pesquisa. Teoria & Educação, n. 2, p. 177-229, 1990.

CHEVELLARD, Yves. La transposition didactique. Paris: La Pensée Sauvage, 1985.

COMÉNIO, João. Didática magna: tratado da arte universal de ensinar tudo a todos. Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian, 1985 [1657].

DOSSE, Françoise. História do estruturalismo. São Paulo: Edusc, 2007.

EISNER, Elliot W.; VALLANCE, Johan L. (Ed.). Conflicting conceptions of the curriculum. Berkeley, CA: McCutchan, 1974. (Contemporary Educational Issues).

FABRE, Michel. L’école peut-elle encore former l’esprit? Revue Française de Pédagogie, n. 143, p. 7-15, 2003.

FORQUIN, Jean- Claude. École et culture: le point de vue des sociologues britanniques. 2. ed. Belgium: De Boeck & Larcier, 1996.

FREIRE, Paulo. Pedagogia do oprimido. 44. ed. São Paulo: Paz e Terra, 2006.

GABRIEL, Carmen Teresa; FERREIRA, Márcia Serra. Disciplina escolar e conhecimento escolar. In: LIBÂNEO, J. C.; ALVES, N. (Org.). Temas de pedagogia: diálogos entre currículo e didática. São Paulo: Cortez, 2012. p. 227-241.

GRUMET, Madeleine. Worlds: the literary reference for curriculum criticism. In: PINAR, W. (Ed.). Contemporary curriculum discourses. New York: Peter Lang, 1999. p. 233-245.

HUEBNER, Dwayne. Knowledge and the curriculum. In: HILLIS, V. (Ed.). The Lure of Transcendent. Collected by Dwayne Huebner. New Jersey: Lawrence Erlbaum Associates, 1999 [1962]. p. 44-65.

KELLY, Albert. Currículo: teoria e prática. São Paulo: Harbra, 1981.

LEVIN, Ben. Curriculum policy and the politics of what should be learned in schools. In: CONNELLY, F. M. (Ed.). The Sage handbook of curriculum and instruction. Los Angeles: Sage, 2008. p. 7-24.

LIBÂNEO, José Carlos. Pedagogia e pedagogos, para quê? São Paulo: Cortez, 2002.

LIBÂNEO, José Carlos; ALVES, Nilda (Org.). Temas de pedagogia: diálogos entre didática e currículo. São Paulo: Cortez, 2012.

LIPOVETSKY, Gilles; SERROY, Jean. A cultura-mundo: resposta a uma sociedade desorientada. Lisboa: Edições 70, 2010.

LOPES, Alice Casimiro. Conhecimento escolar: ciência e cotidiano. Rio de Janeiro: Editora da UERJ, 1999.

LOPES, Alice Casimiro; MACEDO, Elisabeth. Teorias de currículo. São Paulo: Cortez, 2011.

LUNDGREN, Ulf. Teoria del curriculum y escolarización. Madrid: Morata, 1997.

MEIRIEU, Philippe. Aprender… sim, mas como? 7. ed. Porto Alegre: Artmed, 1998.

MOREIRA, Antonio Flavio Barbosa. O currículo como política cultural e a formação docente. In: SILVA, T. T. da; MOREIRA, A. F. B. (Org.). Territórios contestados: o currículo e os novos mapas políticos e culturais. 3. ed. Petrópolis: Vozes, 1999. p. 7-20.

MOREIRA, Antonio Flavio Barbosa. Por que ter medo dos conteúdos? In: PEREIRA, M. Z.; MOURA, A. (Org.). Políticas e práticas curriculares: impasses, tendências e perspectivas. João Pessoa: Ideia, 2005. p. 11-42.

MOREIRA, Antonio Flavio Barbosa. A importância do conhecimento no currículo e os pontos de vista de Michael Young. In: FAVACHO, A. M.; PACHECO, J. A.; SALES, S. R. (Org.). Currículo: conhecimento e avaliação, divergências e tensões. Curitiba: CRV, 2013. p. 33-47.

MOREIRA, Antonio Flavio Barbosa; CANDAU, Vera Maria. Multiculturalismo: diferenças culturais e práticas pedagógicas. Petrópolis: Vozes, 2008.

MOREIRA, Antonio Flavio Barbosa; CANDAU, Vera Maria (Org.). Currículos, disciplinas escolares e culturas. Petrópolis: Vozes, 2014.

MOREIRA, Antonio Flavio Barbosa; SILVA, Tomaz Tadeu da. Sociologia e teoria crítica do currículo: uma introdução. In: MOREIRA, A. F. B.; SILVA, T. T. da (Org.). Currículo, cultura e sociedade. São Paulo: Cortez, 1997. p. 7-38.

PACHECO, José Augusto. Educação, formação e conhecimento. Porto: Porto, 2014.

PACHECO, José Augusto; OLIVEIRA, Maria Rita. Os campos do currículo e da didática. In: OLIVEIRA, M. R.; PACHECO, J. A. (Org.). Currículo, didática e formação de professores. Campinas: Papirus, 2013. p. 21-44.

PARAÍSO, Marlucy (Org.). Pesquisa sobre currículos e culturas. Curitiba: CRV, 2010.

PINAR, William. O que é a teoria do currículo? Porto: Porto, 2007.

PINAR, William. Educational experience as lived: knowledge, history, alterity. New York: Routledge, 2015.

SALIH, Sara. Judith Butler e a Teoria Queer. Belo Horizonte: Autêntica, 2012.

SAVIANI, Nereide. Saber escolar, currículo e didática. 4. ed. Campinas: Autores Associados, 2003.

SCHWAB, Joseph. The practical: a language for curriculum. School Review, v. 78, p. 1-23, 1969.

SILVA, Tomaz Tadeu da. O que produz e o que reproduz em Educação: ensaios de sociologia da educação. Porto Alegre: Artes Médicas, 1999.

SPENCER, Herbert. What knowledge is most worth? Westminster Review, v. 67, p. 445-485, 1859.

SUAREZ, Rosana. Nota sobre o conceito de Bildung (formação cultural). Kriterion: Revista de Filosofia, v. 46, n. 112, 2005. Disponível em: . Acesso em: jul. 2015.

TYLER, Ralph. Basic principles of curriculum and instruction. Chicago: Chicago University Press, 1949.

VEIGA-NETO, Alfredo; NOGUEIRA; Carlos Ernesto. Conhecimento e saber: apontamentos para os Estudos de Currículo. In: DALBEN, A. et al. (Org.). Convergências e tensões no campo da formação e do trabalho docente. Belo Horizonte: Autêntica, 2010. p. 49-66.

WESTBURY, Ian. Making curricula. Why do States make curricula, and how? In: CONNELLY, F. M. (Ed.). The sage handbook of curriculum and instruction. Los Angeles: Sage, 2008. p. 45-65.

YOUNG, Michael. An approach to the study of curricula as socially organized knowledge. In: YOUNG, M. (Ed.). Knowledge and control: new directions for the Sociology of Education. London: Collier Macmillan, 1971. p. 19-46.

YOUNG, Michael. Conhecimento e currículo: do socioconstrutivismo ao realismo social na sociologia da educação. Porto: Porto, 2010.

YOUNG, Michael. A superação da crise em estudos curriculares: uma abordagem baseada no conhecimento. In: FAVACHO, A. M.; PACHECO, J. A.; SALES, S. R. (Org.). Currículo: conhecimento e avaliação, divergências e tensões. Curitiba: CRV, 2013. p. 11-31.

YOUNG, Michael. Teoria do currículo: o que é e por que é importante. Cadernos de Pesquisa, São Paulo, v. 44, n. 151, p. 190-202, jan./mar. 2014. Disponível em: . Acesso em: jul. 2015.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.