Educação em direitos humanos: a percepção dos docentes da Unicamp

Autores

Palavras-chave:

Direitos Humanos, Educação, Ensino Superior, Universidade

Resumo

Este artigo tem como objetivo descrever e analisar a percepção de docentes da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) em relação à temática da educação em direitos humanos (EDH) no âmbito universitário. Metodologicamente, a pesquisa foi realizada por meio da submissão de um questionário aos docentes da Universidade que apresentaram produções e/ou práticas extensionistas na área temática. Na análise dos resultados alcançados, pode-se destacar que cerca de 80% dos respondentes indicaram haver entraves no desenvolvimento de pesquisas e práticas extensionistas em direitos humanos na Unicamp. Também foi possível observar uma concordância em relação à consideração da EDH enquanto um dos compromissos sociais a ser assumido pela Universidade.Direitos Humanos, Educação, Ensino Superior, Universidade Human rights education: the perception of Unicamp professorsThis article aims to describe and analyze the perception of professors at the State University of Campinas (Unicamp) in relation to the subject of human rights education at the university level. Methodologically, this research was carried out by submitting a questionnaire to professors at the University who presented productions and/or extension practices in the thematic area; then, after the analysis performed, we will present the results achieved through this. The following can be highlighted: about 80% of respondents indicated that there are barriers to the development of research and extension practices in human rights at Unicamp; it was possible to observe an agreement in relation to the consideration of HRE as one of the social commitments to be assumed by the University.Human Rights, Education, Higher Education, University Educación en derechos humanos: la percepción de los profesores de la Unicamp Este artículo tiene como objetivo describir y analizar la percepción de los profesores de la Universidad Estatal de Campinas (Unicamp) en relación con el tema de la educación en derechos humanos a nivel universitario. Metodológicamente, esta investigación se realizó mediante el envío de un cuestionario a los profesores de la Universidad que presentaron producciones y/o prácticas de extensión en el área temática; luego, después del análisis realizado, presentaremos los resultados logrados a través de esto. Se puede resaltar lo siguiente: alrededor del 80% de los encuestados indicaron que existen barreras para el desarrollo de prácticas de investigación y extensión en derechos humanos en la Unicamp; fue posible observar un acuerdo en relación con la consideración de EDH como uno de los compromisos sociales a asumir por la Universidad.Derechos Humanos, Educación, Enseñanza Superior, Universidad L’éducation aux droits de l’homme: la perception des enseignants UnicampCet article vise à décrire et à analyser la perception des professeurs de l’Université Estadual de Campinas (Unicamp) sur l’éducation aux droits de l’homme a l’université. Méthodologiquement, un questionnaire a été soumis aux professeurs de l’Université qui avaient des productions et des pratiques de vulgarisation dans ce domaine. L’analyse met en évidence les résultats suivants: environ 80% des interrogés ont indiqué qu’il existe des obstacles au développement de pratiques de recherche et de vulgarisation en matière de droits de l’homme à Unicamp et aussi un accord concernant la prise en compte de l’EDH comme l’un des engagements sociaux que l’université devrait assumer.Droits de l’Homme, Education, Enseignement Supérieur, Université 

Biografia do Autor

Thais Aparecida Dibbern, Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), Campinas (SP), Brasil.

Doutoranda em Política Científica e Tecnológica pelo Departamento de Política Científica e Tecnológica da Unicamp. Pesquisadora do Laboratório de Estudos do Setor Público da Faculdade de Ciências Aplicadas da Unicamp (LESP/FCA).

Milena Pavan Serafim, Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), Campinas (SP), Brasil.

Professora de Administração Pública da Unicamp e do Programa de Pós-graduação Interdisciplinar em Ciências Humanas e Sociais Aplicadas. Coordenadora do Laboratório de Estudos do Setor Público (LESP) e Assessora da Coordenadoria Geral da Universidade (CGU/UNICAMP).

Referências

AMARO, A.; PÁVOA, A.; MACEDO, L. A arte de fazer questionários. Porto: Faculdade de Ciências da Universidade do Porto, 2004.

BRASIL. Comitê Nacional de Educação em Direitos Humanos. Plano Nacional de Educação em Direitos Humanos. Brasília: Secretaria Especial dos Direitos Humanos; Ministério da Educação; Ministério da Justiça Unesco, 2007.

BRASIL. Secretaria Especial dos Direitos Humanos da Presidência da República. Programa Nacional de Direitos Humanos (PNDH-3). Brasília: SEDH, 2010.

BRASIL. Ministério da Educação. Conselho Nacional de Educação. Diretrizes Nacionais para a Educação em Direitos Humanos. Brasília, 2012.

CANDAU, V.; SACAVINO, S. B. Educação em direitos humanos no Brasil: ideias-força e perspectivas de futuro. Pensamiento e ideas-fuerza de la educación en derechos humanos en Iberoamérica, Santiago, OIE/Orealc/Unesco, p. 68-83, 2008.

CHAGAS, A. T. R. O questionário na pesquisa científica. Administração On Line, São Paulo, v. 1, n. 1, p. 1-14, jan./mar. 2000.

DIAS SOBRINHO, J. Educação superior: bem público, equidade e democratização. Avaliação: Revista da Avaliação da Educação Superior, Campinas; Sorocaba, SP, v. 18, n. 1, p. 107-126, 2013.

DIAS SOBRINHO, J. Universidade e novos modos de produção, circulação e aplicação do conhecimento. Avaliação: Revista da Avaliação da Educação Superior, Campinas; Sorocaba, SP, v. 19, n. 3, p. 643-662, 2014.

DIAS SOBRINHO, J. Universidade fraturada: reflexões sobre conhecimento e responsabilidade social. Avaliação: Revista da Avaliação da Educação Superior, Campinas; Sorocaba, SP, v. 20, n. 3, p. 581-601, 2015.

DIBBERN, T. A.; CRISTOFOLETTI, E. C.; SERAFIM, M. P. Educação em direitos humanos: um panorama do compromisso social da universidade pública. Educação em Revista, Belo Horizonte, v. 34, e176658, 2018.

FORPROEX. Política Nacional de Extensão Universitária. 2012. Disponível em: https://www.ufmg.br/proex/renex/documentos/2012-07-13-Politica-Nacional-de-Extensao.pdf. Acesso em: 15 mar. 2018.

GIL, A. C. Métodos e técnicas de pesquisa social. São Paulo: Atlas, 2008.

MAGENDZO, A. Educación en derechos humanos: un desafío para los docentes de hoy. Santiago: LOM, 2006.

MARCONI, M. A.; LAKATOS, E. M. Fundamentos de metodologia científica. 5. ed. São Paulo: Atlas, 2003.

NOGUEIRA, R. Elaboração e análise de questionários: uma revisão da literatura básica e a aplicação dos conceitos a um caso real. Rio de Janeiro: Instituto Coppead de Administração da Universidade Federal do Rio de Janeiro, 2002. (Relatórios Coppead, 350).

ORGANIZAÇÃO DAS NAÇÕES UNIDAS – ONU. Declaración de las Naciones Unidas sobre educación y formación en materia de derechos humanos. [S.l.]: Asamblea General, Resolución 16/1, de 23 de marzo de 2011. Disponível em: https://www.ohchr.org/sp/issues/education/educationtraining/pages/undhreducationtraining.aspx.aspx. Acesso em: 1 jun. 2020.

ORGANIZAÇÃO DAS NAÇÕES UNIDAS PARA A EDUCAÇÃO, A CIÊNCIA E A CULTURA – UNESCO. Plano de Ação. Programa Mundial de Educação em Direitos Humanos, 2ª fase. Brasília: Unesco, 2012. Disponível em: http://unesdoc.unesco.org/images/0021/002173/217350por.pdf. Acesso em: 1 jun. 2020.

RODINO, A. M. La institucionalización de la educación en derechos humanos en los sistemas educativos de América Latina (1990-2012): avances, limitaciones y desafíos. In: RODINO, A. M. et al. (org.). Cultura e educação em direitos humanos na América Latina: trajetórias, desafios e perspectivas. João Pessoa: CCTA, 2016.

SALVIOLI, F. La universidad y la educación en el siglo XXI: los derechos humanos como pilares de la nueva Reforma Universitaria. San José: IIDH, 2009.

SILVA JÚNIOR, S. D.; COSTA, F. J. Mensuração e escalas de verificação: uma análise comparativa das escalas de Likert e Phrase Completion. Revista Brasileira de Pesquisa de Marketing, Opinião e Mídia, São Paulo, v. 15, p. 1-16, 2014.

TAVARES, C. Educar em direitos humanos, o desafio da formação dos educadores numa perspectiva interdisciplinar. In: SILVEIRA, R. M. G. et al. Educação em direitos humanos: fundamentos teórico-metodológicos. Brasília: Secretaria Especial dos Direitos Humanos, 2010. p. 487-503.

VIEIRA, S. Como elaborar questionários. São Paulo: Atlas, 2009.

Publicado

16-11-2020

Edição

Seção

Artigos