Indisciplina escolar: um itinerário de um tema/problema de pesquisa

Autores

  • Julio Groppa Aquino Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo – FE/USP –, São Paulo, São Paulo, Brasil

Palavras-chave:

Indisciplina Escolar, Estado da Arte, Periódicos

Resumo

O presente artigo devota-se a formular um mapeamento geral da discursividade sobre indisciplina escolar, por meio do levantamento de 35 artigos publicados em periódicos brasileiros da área educacional, no intervalo de 1998 a 2015. Para tanto, foram discriminadas duas grandes frentes analíticas: as modalidades de apreensão dos atos indisciplinados operadas pelos estudos, bem como as propostas de enfrentamento do problema suscitadas pelos pesquisadores. Ao final do texto, são tecidas algumas considerações apontando para a conflitualidade típica das práticas escolares contemporânea como um mirante a partir do qual se pode flagrar a tessitura sempre acidentada, instável e, afinal, indeterminada das relações fáticas entre seus protagonistas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ALBUQUERQUE, Ana E. M. Educação e autoritarismo: por uma gestão democrática do espaço escolar. Linhas Críticas, Brasília, v. 10, n. 18, p. 33-48, jan./jun. 2004.

AQUINO, Julio G. (Org.). Indisciplina na escola: alternativas teóricas e práticas. São Paulo: Summus, 1996.

AQUINO, Julio G. A indisciplina e a escola atual. Revista da Faculdade de Educação, São Paulo, v. 24, n. 2, p. 181-204, jul./dez. 1998.

AQUINO, Julio G. Da (contra)normatividade do cotidiano escolar: problematizando discursos sobre a indisciplina discente. Cadernos de Pesquisa, São Paulo, v. 41, n. 143, p. 456-484, maio/ago. 2011.

BELINTANE, Claudemir. O poder de fogo da relação educativa na mira de novos e velhos prometeus. Cadernos Cedes, Campinas, n. 47, p. 20-35, dez. 1998.

BRANCALEONI, Ana P. L.; PINTO, José M. R. Um olhar sobre diferentes formas de enfrentar a violência escolar: uma abordagem etnográfica. Cadernos de Educação, Pelotas, n. 16, p. 139-160, jan./jun. 2001.

BRITO, Márcia S. T.; COSTA, Marcio da. Práticas e percepções docentes e suas relações com o prestígio e clima escolar das escolas públicas do município do Rio de Janeiro. Revista Brasileira de Educação, Rio de Janeiro, v. 15, n. 45, p. 500-5010, set./dez. 2010.

CRUZ, Maurício R. Alternativas para um olhar sobre a indisciplina. Teias, Rio de Janeiro, v. 3, n. 6, p. 107-115, jul./dez. 2002.

CUNHA, Marcela B. Possíveis relações entre percepções de violência dos alunos, clima escolar e eficácia coletiva. Educação e Pesquisa, São Paulo, v. 40, n. 4, p. 1077-1092, out./dez. 2014.

CUNHA, Maria F. P. C. et al. Indisciplina e a noção de justiça em adolescentes escolares. Educar em Revista, Curitiba, n. 35, p. 197-210, set./dez. 2009.

D’ANTOLA, Arlette (Org.). Disciplina na escola: autoridade versus autoritarismo. São Paulo: EPU, 1989.

DIAS, Carmen L.; COLOMBO, Terezinha F. S. A indisciplina na instituição escolar: o trabalho com assembleias de classe no desenvolvimento de crianças morais autônomas. Educação, Santa Maria, v. 38, n. 2, p. 361-373, maio/ago. 2013.

DOMINGUEZ, Celi et al. As possibilidades da docência para além da (in)disciplina escolar. Currículo sem Fronteiras, v. 14, n. 1, p. 31-49, jan./abr. 2014.

ECHELLI, Simone D. A motivação como prevenção da indisciplina. Educar em Revista, Curitiba, n. 32, p. 199-213, ago./dez. 2008.

ENS, Romilda T.; EYNG, Ana M.; GISI, Maria L. Representações sociais sobre bullying no cotidiano de escolas públicas de educação básica. Revista de Educação Pública, Cuiabá, v. 22 n. 50, p. 785-808, set./dez. 2013.

FERRARI, Anderson; ALMEIDA, Marcos A. Corpo, gênero e sexualidade nos registros de indisciplina. Educação & Realidade, Porto Alegre, v. 37, n. 3, p. 865-885, set./dez. 2012.

FERREIRA, Adriano C.; ROSSO, Ademir J. As representações sociais dos alunos do 9° ano sobre a indisciplina escolar. Educação UNISINOS, São Leopoldo, v. 18, n. 3, p. 237-248, set./dez. 2014.

FLEURI, Reinaldo M. Rebeldia e democracia na escola. Revista Brasileira de Educação, Rio de Janeiro, v. 13, n. 39, p. 470-482, set./dez. 2008.

FOUCAULT, Michel. A função política do intelectual. In: FOUCAULT, Michel. Arte, epistemologia, filosofia e história da medicina. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2011. p. 213-219. Ditos e Escritos VII.

GARCIA, Joe. Indisciplina, incivilidade e cidadania na escola. Educação Temática Digital, Campinas, v. 8, n. 1, p. 124-132, dez. 2006.

GARCIA, Joe. Indisciplina na escola: questões sobre mudança de paradigma. Contrapontos, Itajaí, v. 8, n. 3, p. 367-380, set./dez. 2008.

GARCIA, Joe. Indisciplina e violência nas escolas: algumas questões a considerar. Revista Diálogo Educacional, Curitiba, v. 9, n. 28, p. 511-523, set./dez. 2009a.

GARCIA, Joe. Representações dos professores sobre indisciplina escolar. Educação, Santa Maria, v. 34, n. 2, p. 311-324, maio/ago. 2009b.

GOLARTE, Luciana C. Violentos ou indisciplinados? Um estudo sobre o comportamento adolescente na escola pública. Educação em foco, Juiz de Fora, v. 15, n. 1, p. 13-27, mar./ago. 2010.

GROSSI, Patrícia K. et al. Implementando práticas restaurativas nas escolas brasileiras como estratégia para a construção de uma cultura de paz. Revista Diálogo Educacional, Curitiba, v. 9, n. 28, p. 497-510, set./dez. 2009.

KRAWCZUN, Natália B. L.; PLATT, Adreana D. Violência e indisciplina na escola: um cotejo necessário. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, v. 10, n. 2, p. 481-503, abr./jun. 2015.

LOPES, Rosilene B.; GOMES, Candido A. Paz na sala de aula é uma condição para o sucesso escolar: que revela a literatura? Ensaio: Avaliação e Políticas Públicas em Educação, Rio de Janeiro, v. 20, n. 75, p. 261-282, abr./jun. 2012.

MACEDO, Rosa M. A.; BOMFIM, Maria C. A. Violências na escola. Revista Diálogo Educacional, Curitiba, v. 9, n. 28, p. 605-618, set./dez. 2009.

MARTINS, Angela M.; MACHADO, Cristiane; BRAVO, Maria H. O que revela a Prova Brasil sobre situações de conflitos em escolas públicas? Cenários delineados pela visão de docentes. Educação Temática Digital, Campinas, v. 17, n. 3, p. 473-487, set./dez. 2015.

MUTTI, Regina M. V. Indisciplina e discurso pedagógico: efeitos de sentidos diversos em confronto. Educação, Porto Alegre, v. 37, n. 3, p. 347-358, set./dez. 2014.

NAIFF, Luciene A. M. Indisciplina e violência na escola: reflexões no (do) cotidiano. Educação UNISINOS, São Leopoldo, v. 13, n. 2, p. 110-116, maio/ago. 2009.

NOGUEIRA, Eliete J.; SOARES, Maria L. A. Desafios educacionais na modernidade líquida: cotidiano, medo e indisciplina. Revista Educação e Cultura Contemporânea, Rio de Janeiro, v. 12, n. 27, p. 153-174, 2015.

NUNES SOBRINHO, Francisco P. O ensino de procedimentos de autocontrole cognitivo-comportamental como estratégia para inclusão social/educacional de alunos envolvidos em atos de indisciplina. Revista Educação em Questão, Natal, v. 34, n. 20, p. 151-169, jan./abr. 2009.

OLIVEIRA, Maria I. Fatores psico-sociais e pedagógicos da indisciplina: da infância à adolescência. Linhas Críticas, Brasília, v. 15, n. 29, p. 289-305, jul./dez. 2009.

PENNA, Marieta G. O. Relações entre professores e alunos: algumas considerações sobre a indisciplina. Educação UNISINOS, São Leopoldo, v. 14, n. 1, p. 11-16, jan./abr. 2010.

PEREIRA, Antonio I. B.; BLUM, Vera L. Poder, resistência e indisciplina escolar: a perspectiva docente sobre os comportamentos transgressores dos alunos. Revista de Educação Pública, Cuiabá, v. 23, n. 54, p. 739-757, set./dez. 2014.

RANCIÈRE, Jacques. O mestre ignorante: cinco lições sobre a emancipação intelectual. Belo Horizonte: Autêntica, 2002.

RATTO, Ana L. S. Cenários criminosos e pecaminosos nos livros de ocorrência de uma escola pública. Revista Brasileira de Educação, Rio de Janeiro, n. 20, p. 95-106, maio/ago. 2002.

RATTO, Ana L. S. Disciplina, infantilização e resistência dos pais: a lógica disciplinar dos livros de ocorrência. Educação & Sociedade, Campinas, v. 27, n. 97, p. 1259-1281, set./dez. 2006.

RATTO, Ana L. S. Disciplina, vigilância e pedagogia. Cadernos de Pesquisa, São Paulo, v. 37, n. 131, p. 481-510, maio/ago. 2007.

SALLES, Leila M. F.; SILVA, Joyce M. A. P. Diferenças, preconceitos e violência no âmbito escolar: algumas reflexões. Cadernos de Educação, Pelotas, n. 30, p. 149-166, jan./jun. 2008.

SANTOS, Andréia M.; GROSSI, Patricia K.; SCHERER, Patricia T. Bullying nas escolas: a metodologia dos círculos restaurativos. Educação, Porto Alegre, v. 37, n. 2, p. 278-287, maio/ago. 2014.

SANTOS, Edvanderson R.; ROSSO, Ademir J. A indisciplina escolar descrita em imagens e metáforas de professores. Revista Educação e Cultura Contemporânea, v. 11, n. 24, p. 213-244, 2014.

SANTOS, Jean M. C. T.; PEREIRA, Milene R.; RODRIGUES, Érica R. C. Violência na escola: considerações a partir da formação docente. Perspectiva, Florianópolis, v. 31, n. 2, p. 573-590, maio/ago. 2013.

SANTOS, Jean M. C. T.; RODRIGUES, Paula J. M. O diálogo como possibilidade de mediação da violência na escola. Práxis Educativa, Ponta Grossa, v. 8, n. 1, p. 273-294, jan./jun. 2013.

SANTOS, Maria F. S.; CRUZ, Fátima M. L.; BELÉM, Rosemberg. Adolescentes podem ser alunos ideais? Educação em Revista, Belo Horizonte, v. 30, n. 3, p. 173-193, jul./set. 2014. SILVA, Ariane F. L. Um estudo da relação professor-aluno e da indisciplina: representações expressas por meios verbais e não verbais de interação. Educação e Cultura Contemporânea, Rio de Janeiro, v. 6, n. 12, p. 11-34, jan./jun. 2009.

SILVA, Luciano C.; MATOS, Daniel A. S. As percepções dos estudantes mineiros sobre a incidência de comportamentos de indisciplina em sala de aula: um estudo baseado nos dados do SIMAVE/PROEB 2007. Revista Brasileira de Educação, Rio de Janeiro, v. 19, n. 58, p. 713-729, jul./set. 2014.

SILVA, Luiz C. F. Possíveis incompletudes e equívocos dos discursos sobre a questão da disciplina. Educação & Sociedade, Campinas, v. 19, n. 62, p. 125-150, abr. 1998.

SPOSITO, Marília P. A instituição escolar e a violência. Cadernos de Pesquisa, São Paulo, n. 104, p. 58-75, jul. 1998.

SPOSITO, Marília P.; GALVÃO, Izabel. A experiência e as percepções de jovens na vida escolar na encruzilhada das aprendizagens: o conhecimento, a indisciplina, a violência. Perspectiva, Florianópolis, v. 22, n. 2, p. 345-380, jul./dez. 2004.

TOGNETTA, Luciene R. P.; VINHA, Telma P. Até quando? Bullying na escola que prega a inclusão social. Educação, Santa Maria, v. 35, n. 3, p. 449-464, set./dez. 2010.

VASCONCELOS, Mário S.; BELLOTTO, Maria E. Indisciplina no contexto escolar: um estudo das significações abstraídas por estudantes brasileiros do ensino fundamental e médio. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, v. 5, n. 1, p. 5-17, jan./abr. 2010.

VINHA, Telma P.; TOGNETTA, Luciene R. P. Considerações sobre as regras existentes nas classes democráticas e autocráticas. Educação UNISINOS, São Leopoldo, v. 10, n. 1, p. 45-55, jan./abr. 2006.

ZECHI, Juliana A. M. Escola e violência: análise da produção acadêmica sobre o tema na área de educação no período de 1990 a 2005. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, v. 2, n. 1, p. 1-9, 2007.

Publicado

2021-04-30

Como Citar

Aquino, J. G. (2021). Indisciplina escolar: um itinerário de um tema/problema de pesquisa. Cadernos De Pesquisa, 46(161), 664–692. Recuperado de https://publicacoes.fcc.org.br/cp/article/view/3670

Edição

Seção

Tema em Destaque