Cenários de gestão de escolas municipais no Brasil: questionário contextual da Prova Brasil

Angela Maria Martins, Sandra Zákia Sousa, Cristiane Machado, Giselle Cristina Martins Real, Maria Helena Aguiar Bravo

Resumo


Este artigo discute resultados de estudo que caracterizou cenários de gestão vigentes em escolas municipais no Brasil, com base em respostas dos diretores ao questionário contextual da Prova Brasil de 2015. Teve como propósito analisar a potencialidade de práticas declaradas no instrumento para contribuir com a democratização da educação. Identificados limites nos constructos dos itens, o referido instrumento trouxe subsídios para exame de: dados de perfil, trajetórias de formação e profissional; participação de famílias e demais membros da comunidade na gestão das escolas; iniciativas que incidem no acesso e permanência dos alunos na escola com garantia da aprendizagem. Utilizou-se o software IBM SPSS Statistics-20, programa desenvolvido para realizar análises estatísticas. 

Gestão; Escolas Municipais; Prova Brasil

  

Settings of management of municipal schools in Brazil: the contextual questionnaire of Prova Brasil

 his article discusses the results of a study that characterized management settings in municipal schools in Brazil, based on principals’ responses to the contextual questionnaire of Prova Brasil 2015. The purpose of this study was to analyze the potential of the practices reported in the instrument to contribute to the democratization of education. After the identification of limits in the constructs of the items, this instrument brought information on: profile data, education and professional trajectories; participation of families and other community members in the management of schools; initiatives that affect the access and permanence of students in school with guaranteed learning. We used the IBM SPSS Statistics-20 software, a program designed to perform statistical analysis.

 Management; Municipal Schools; Prova Brasil

 

Scénarios de gestion des écoles communales au Brésil : questionnaire contextuel de l’examen Prova Brasil

Cet article présente les résultats d’une étude sur les scénarios de gestion en place dans des écoles communales au Brésil caracterisées a partir des réponses fournies par les directeurs au questionnaire contextuel de l´examen Prova Brasil de 2015. Son but était d’analyser la potentialité d es pratiques déclarées dans cet instrument afin de contribuer à la démocratisation de l’éducation. Cet instrument a permis non seulement d’identifier les limites présentes dans l’élaboration de ses items, mais aussi de procurer des informations pour examiner: les données sur le profil, les trajectoires de formation et professionnelles; la participation des familles et d’autres membres de la communauté dans la gestion des écoles; les initiatives jouant un rôle dans l’accès et le maintien des élèves à l’école tout en assurant l’apprentissage. Le logiciel IBM SPSS Statistics-20, a été utilisé pour l´analyse statistique.

Gestion; Écoles Communales; Prova Brasil

 

Escenarios de gestión de escuelas municipales en Brasil: cuestionario contextual de la Prova Brasil

Este artículo discute resultados de un estudio que caracterizó escenarios de gestión vigentes en escuelas municipales en Brasil, en base a respuestas de los directores al cuestionario contextual de la Prova Brasil de 2015. Tuvo el propósito de analizar la potencialidad de prácticas declaradas en el instrumento para contribuir con la democratización de la educación. Luego de identificar límites en los constructos de los ítems, el referido instrumento aportó subsidios para el examen de datos de perfil, trayectorias de formación y profesional; participación de familias y demás miembros de la comunidad en la gestión de las escuelas; iniciativas que inciden en el acceso y permanencia de los alumnos en la escuela con garantía del aprendizaje. Se utilizó el software IBM SPSS Statistics-20, programa desarrollado para realizar análisis estadísticos.

Gestión; Escuelas Municipales; Prova Brasil


Palavras-chave


Gestão; Escolas Municipais; Prova Brasil

Texto completo:

PDF PDF (English)

Referências


ADRIAO, Theresa; PERONI, Vera. Implicacoes do Programa Dinheiro Direto na Escola para a gestao da escola publica. Educação e Sociedade, Campinas, v. 28, n. 98, p. 253-267, jan./abr. 2007.

ALLENSWORTH, Elaine; PONISCIA, K. Stephen; MAZZEO, Christopher. The schools teachers leave: teacher mobility in Chicago public schools. Chicago: Consortium on Chicago School Research; University of Chicago, 2009.

ALVES, Luciana; BATISTA, Antonio Augusto Gomes; RIBEIRO, Vanda Mendes; ERNICA, Mauricio. Selecao velada em escolas publicas: praticas, processos e principios geradores. Educação e Pesquisa, Sao Paulo, v. 41, n. 1, p. 137-152, jan./mar. 2015.

ALVES, Maria Teresa Gonzaga; SOARES, Jose Francisco. Efeito-escola e estratificacao escolar: o impacto da composicao de turmas por nivel de habilidade dos alunos. Educação em Revista, Belo Horizonte, v. 45, p. 25-58, jun. 2007.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE EMPRESAS DE PESQUISA – ABEP. Criterio Brasil 2015 e atualizacao da distribuicao de classes para 2016. Disponivel em: . Acesso em: 25 set. 2018.

BONAMINO, Alicia. A evolucao do Saeb: desafios para o futuro. Em aberto, Brasilia, v. 29, n. 96, p. 113-126, maio/ago. 2016.

BRANDAO, Zaia. Fluxos escolares e efeitos agregados pelas escolas. Em Aberto, Brasilia, v. 17, n. 71, p. 41-48, jan. 2000.

BRASIL. Constituição da República Federativa do Brasil. Brasilia, 1988. Disponivel em: .Acesso em: 6 maio 2018.

BRASIL. Ministerio da Educacao. Lei n. 9.394 de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as Diretrizes e Bases da Educacao Nacional. Diário Oficial da União, Brasilia, 20 dez. 1996.

BRASIL. Ministerio da Educacao. Portaria n. 931, de 21 de marco de 2005. Institui o Sistema de Avaliacao da Educacao Basica, Diário Oficial da União, Brasilia, n. 55, secao 1, p. 17, 22 mar. 2005.

BRASIL. Ministerio da Educacao. Lei n. 13.005, de 25 de junho de 2014. Aprova o Plano Nacional de Educacao e da outras providencias. Disponivel em: . Acesso em: 13 out. 2015.

BRASIL. Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anisio Teixeira (Inep).

Informações estatísticas. Disponivel em: http://portal.inep.gov.br/web/guest/dados. Acesso em: 25 set. 2018.

BRASIL. Ministerio da Educacao. Prova Brasil:

apresentacao. Disponivel em: . Acesso em: 9 abr. 2018.

BRITO, Renato de Oliveira; SIVERES, Luiz. As caracteristicas da participacao da comunidade escolar em um modelo de gestao compartilhada. Sophia, Armenia, Colombia, v. 11, v. 1, p. 9-20, 2015.

CASTELLANI, Denise. Gestão democrática: a participacao e o protagonismo dos conselhos mirins na cidade de Santo Andre. 2017. Dissertacao (Mestrado) − Programa de Mestrado Profissional Formacao e Gestores Educacionais, Universidade Cidade de Sao Paulo, Sao Paulo, 2017.

CABRAL NETO, Antonio; CASTRO, Alda Maria Duarte Araujo. Gestao escolar em instituicoes de ensino medio: entre a gestao democratica e a gerencial. Educação & Sociedade, Campinas, v. 32, n. 116, p. 745-770, jul./set. 2011.

CENTRO DE ESTUDOS E PESQUISAS EM EDUCACAO, CULTURA E ACAO COMUNITARIA. Reprovacao escolar: adesao depende das crencas que o professor tem sobre avaliacao e justica e do acesso a pesquisas sobre o tema. Boletim Educação & Equidade, Sao Paulo, n. 3, dez. 2016a.

CENTRO DE ESTUDOS E PESQUISAS EM EDUCACAO, CULTURA E ACAO COMUNITARIA. Crenças de professores sobre a reprovação escolar: relatorio de pesquisa. Sao Paulo: Cenpec, nov. 2016b.

COELHO, Fabiana Martins. O cotidiano da gestao escolar: o metodo de caso na sistematização de problemas. Educação e Realidade, Porto Alegre, v. 40, n. 4, p. 1261-1276, out./dez. 2015.

COSTA, Marcio da; KOSLINSKI, Mariane. Quase mercado oculto: disputa por escolas “comuns” no Rio de Janeiro. Cadernos de Pesquisa, Sao Paulo, v. 41, n. 142, p. 246-266, jan./abr. 2011.

COSTA, Marcio da; KOSLINSKI, Mariane. Escolha, estrategia e competicao por escolas publicas. Pro-Posições, Campinas, v. 23, n. 2, p. 195-213, maio/ago. 2012.

CRAHAY, Marcel. E possivel tirar conclusoes sobre os efeitos da repetencia?. Cadernos de Pesquisa, Sao Paulo, v. 36, n. 127, p. 223-246, abr. 2006.

CUNHA, Marcela Brandao. Rotatividade docente na rede municipal de ensino da cidade do Rio de Janeiro. Rio de Janeiro, 2015. 172p. Tese (Doutorado em Educacao) − Pontificia Universidade Catolica do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2015.

ERNICA, Mauricio; BATISTA, Antonio Augusto Gomes. A escola, a metropole, a vizinhança vulneravel. Cadernos de Pesquisa, Sao Paulo, v. 42, n. 146, p. 640-666, maio/ago. 2012.

FRANCO, Creso et al. Qualidade e equidade em educacao: reconsiderando o significado de “fatores intra-escolares”. Ensaio: Avaliacao e Politicas Publicas em Educacao, Rio de Janeiro, v. 15, n. 55, p. 277-298, 2007.

GATTI, Bernardete A. Avaliacao de sistemas educacionais no Brasil. Sísifo: Revista de Ciencia da Educacao, Lisboa, n. 9, p. 87-18, 2009.

GOMES, Candido Alberto. Desseriacao escolar: alternativa para o sucesso?. Ensaio: Avaliacao e Politicas Publicas em Educacao, Rio de Janeiro, v. 13, n. 46, p. 11-38, jan./mar. 2005.

GOMES, Adailda; REGIS, Andre. Desempenho e infraestrutura: mapeamento das escolas publicas da regiao metropolitana do Rio de Janeiro. In: CONGRESSO IBERO AMERICANO DE POLITICA E ADMINISTRACAO DA EDUCACAO – ANPAE, 3., Anais... Zaragoza, Espanha, 2012.

GRIGOLI, Josefa A. G.; LIMA, Claudia M.; TEIXEIRA, Leny R. M.; VASCONCELLOS, Monica. A escola como locus de formacao docente: uma gestao bem-sucedida. Cadernos de Pesquisa, Sao Paulo, v. 40, n. 139, p. 237-256, jan./abr. 2010.

INGERSOLL, Richard M. Teacher turnover, teacher shortages, and the organization of schools. Washington: Center for the Study of Teaching and Policy, 2001.

JOHNSON, Susan Moore. The workplace matters: teacher quality, retention, and effectiveness. Washington: National Education Association, 2006. (Working paper).

KARINO, Camila Akemi; VINHA, Luis Gustavo do Amaral; LAROS, Jacob Arie. Os questionários do SAEB: o que eles realmente medem? Estudos em Avaliação Educacional, Sao Paulo, v. 25, n. 59, p. 270-297, set./dez. 2014.

LIMA, Antonio Bosco; PRADO, Jeovandir Campos; SHIMAMOTO, Simone Vieira de Melo. Gestao democratica, gestao gerencial e gestao compartilhada: novos nomes velhos rumos. In:

SIMPOSIO BRASILEIRO DE POLITICA E ADMINISTRACAO DA EDUCACAO, 25, Sao Paulo. Anais: PUC-SP, p. 1-13, 2011.

MAIA, Graziela Zambao Abdian. As publicacoes da ANPAE e a trajetoria do conhecimento em administracao da educacao no Brasil. Revista Brasileira de Política e Administração da Educação, Porto Alegre, v. 24, n. 1, p. 31-50, jan./abr. 2008.

MARTINS, Angela Maria (Org.). Estado da arte: gestao, autonomia escolar e orgaos colegiados (2000-2008). Brasilia: Liber Livros, 2011.

MARTINS, Angela Maria; MACHADO, Cristiane. Gestao escolar, situacoes de conflito e violencia: campo de tensao em escolas publicas. Educar em Revista, Curitiba, v. 59, p. 157-173, jan./mar. 2016.

MARTINS, Angela Maria; MACHADO, Cristiane; FURLANETTO, Ecleide. Mediacao de conflitos em escolas: entre normas e percepcoes docentes. Cadernos de Pesquisa, Sao Paulo, v. 46, n. 161, p. 566-592, jul./set. 2016.

OLIVEIRA, Ana Cristina Prado de; CARVALHO, Cynthia Paes de. Gestao escolar, lideranca do diretor e resultados educacionais no Brasil. In: REUNIAO NACIONAL DA ANPEd, 37., 2015. Florianopolis. Anais... Florianopolis: UFSC-SC, 2015. p. 1-18.

PADILHA, Frederica et al. Efeito do territorio sobre as desigualdades escolares: mudancas no caso de Sao Miguel Paulista de 2007 a 2009. Revista Olh@res, Guarulhos, v. 1, n. 2, p. 8-30, 2013.

PASSADOR, Claudia Souza; SALVETTI, Thales Silveira. Gestao escolar democratica e estudos organizacionais criticos: convergencias teoricas. Educação e Sociedade, Campinas, v. 34, n. 123, p. 477-492, abr./jun. 2013.

PASSONE, Eric Ferdinando Kanai. Incentivos monetarios para professores: avaliacao, gestao e responsabilizacao na educacao basica. Cadernos de Pesquisa, Sao Paulo, v. 44, n. 152, p. 424-448, abr./jun. 2014.

PEREIRA JUNIOR, Edmilson Antonio; OLIVEIRA, Dalila Andrade. Indicadores de retencao e rotatividade dos docentes da educacao basica. Cadernos de Pesquisa, Sao Paulo, v. 46, n. 160, p. 312-333, 2016.

PEREZ, Jose Roberto Rus. Por que pesquisar implementacao de politicas educacionais atualmente? Educação e Sociedade, Campinas, v. 31, n. 113, p. 1179-1193, dez. 2010.

SALGADO JUNIOR, Alexandre Pereira; NOVI, Juliana Chiaretti; FERREIRA, Jonas. Praticas escolares e desempenho dos alunos: uso das abordagens quantitativa e qualitativa. Educação e Sociedade, Campinas, v. 37, n. 134, p. 217-243, 2016.

SANTANA, Luiza Lucia Silva et al. Gestores escolares da rede publica em Minas Gerais: fatores de satisfacao no trabalho. Educação em Revista, Belo Horizonte, v. 28, n. 1, p. 491-520, mar. 2012.

SILVA, Itamar Mendes da. Autoavaliacao e gestao democratica na instituicao escolar. Ensaio: Avaliacao e Politicas Publicas em Educacao, Rio de Janeiro, v. 18, n. 66, p. 49-64, jan./mar. 2010.

SILVA, Joyce Mary Adam de Paula. A construcao da identidade de diretores: discurso oficial e pratica. Educação em Revista, Belo Horizonte, v. 27, n. 3, p. 211-230, dez. 2011.

SILVA, Cristina de Cassia Mabelini da; MARTINS, Angela Maria. A gestao escolar no âmbito das politicas educacionais contemporaneas: autonomia, gestao escolar e participacao, a luz da literatura cientifica. In: ENCONTRO DE PESQUISA DA ANPED SUDESTE, 2014, 11., Culturas, políticas e práticas educacionais e suas relações com a pesquisa. Sao Joao Del Rey: Universidade Federal de Sao Joao Del Rey, v. 1, p. 1-12, 2014.

SOARES, Jose Francisco. O efeito da escola no desempenho cognitivo de seus alunos. In: MELLO E SOUZA, Alberto (Ed.). Dimensões da avaliação educacional. Petropolis: Vozes, 2011. p. 174-204.

SOARES, Jose Francisco; ANDRADE, Renato Judice de. Nivel socioeconomico, qualidade e

equidade das escolas de Belo Horizonte. Ensaio: Avaliacao e Politicas Publicas em Educacao,

Rio de Janeiro, v. 14, n. 50, p. 107-125, jan./mar. 2006.

SOARES, Jose Francisco; CANDIAN, Juliana Frizzoni. O efeito da escola basica brasileira: as evidencias do PISA e do SAEB. Revista Contemporânea de Educação, Rio de Janeiro, v. 2, n. 4, p. 1-12, 2007.

SOUZA, Angelo Ricardo de. Os caminhos da producao cientifica sobre a gestao escolar no

Brasil. Revista Brasileira de Política e Administração da Educação, Porto Alegre, v. 22, n. 1, p. 13-39, jan./jun. 2006.

SOUZA, Angelo Ricardo de. Explorando e construindo um conceito de gestao escolar democratica. Educação em Revista, Belo Horizonte, v. 25, n. 3, p. 123-140, dez. 2009.

TONUCCI, Francesco. Quando as crianças dizem: agora chega! Sao Paulo: Artmed, 2005.

UNIAO NACIONAL DOS DIRIGENTES MUNICIPAIS DE EDUCACAO. Orientações ao Dirigente Municipal de Educação – fundamentos, politicas e praticas, Brasilia, 2017.

VELOSO, Luisa; CRAVEIRO, Daniela; RUFINO, Isabel. Participacao da comunidade educativa na gestao escolar. Educação e Pesquisa, Sao Paulo, v. 38, n. 4, p. 815-832, out./dez. 2012.

WERLE, Flavia Obino Correa; MANTAY, Carla; ANDRADE, Alenis Cleusa de. Direcao de escola basica em perspectiva municipal. Educação, Porto Alegre, v. 32, n. 2, p. 139-149, maio/ago. 2009.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.