Viver na escola: indisciplina, violência e bullying como desafio educacional

Mariana Gaio Alves

Resumo


Indisciplina, violência e bullying nas escolas são hoje preocupações significativas da sociedade em geral e objeto de elevada atenção pelos meios de comunicação social. Neste artigo realiza-se uma sistematização global de resultados de investigação, apresentando, designadamente, a etapa exploratória de uma meta-análise de pesquisas de doutoramento. Essa etapa considera, apenas, asdissertações apresentadas em universidades portuguesas que são acessíveis através do Repositório Científico de Acesso Aberto de Portugal – RCAAP. Para além da visibilidade social crescente das situações de indisciplina, violência e bullying, equacionam-se as dificuldades da sua delimitação conceptual e operacionalização empírica, bem como eventuais modalidades de intervenção no sentido de prevenir e regular ocorrências disruptivas em meio escolar. A sistematização global de resultados de investigação permite também identificar eventuais futuras linhas de pesquisa.

 

 


Palavras-chave


Disciplina; Violência; Bullying; Escolas

Texto completo:

PDF

Referências


ALMEIDA, Ana Nunes; VIEIRA, Maria Manuel. A escola em Portugal: novos olhares, outros cenários. Lisboa: Imprensa de Ciências Sociais, 2006.

ALVES, Mariana Gaio. (Re)pensar os modos de habitar a escola – contributos de pesquisas sobre indisciplina e violência. In: VIEIRA, M.; RESENDE, J.; NOGUEIRA, M.; DAYRELL, J.; MARTINS, A.; CALHA, A. Habitar a escola e as suas margens: geografias plurais em confronto. Portalegre: Instituto Politécnico de Portalegre – ESE, 2013. p. 123-144. E-book.

AMADO, João. A indisciplina na escola e na aula: factores pedagógicos e prevenção. In: AFONSO, A.; AMADO, J.; JESUS, S. N. Sentido da escolaridade e stress dos professores. Lisboa: Edições Asa, 1999 (Cadernos CRIAP).

AMARAL, Patrícia. Respostas à violência na escola: uma perspectiva sociológica. 2007. 140 f. Dissertação (Mestrado em Educação e Sociedade) – Instituto Superior de Ciências do Trabalho e da Empresa, Lisboa, 2007.

BARROS, Paulo. Jogos e brincadeiras na escola: prevenção do bullying entre crianças no recreio. 2012. 217 f. Tese (Doutorado em Estudos da Criança) – Instituto de Educação, Universidade do Minho, Braga, 2012.

BLAYA, Catherine. Violência e maus-tratos em meio escolar. Lisboa: Instituto Piaget, 2008.

CAEIRO, Tiago. A escola face à violência: nos bastidores da organização escolar. 2009. 47 f. Dissertação (Mestrado em Educação e Sociedade) – Instituto Superior de Ciências do Trabalho e da Empresa, Lisboa, 2009.

CARVALHO, João. Os benefícios das atividades lúdicas para a prevenção do bullying escolar. 2012. 272 f. Tese (Doutorado em Estudos da Criança) – Instituto de Educação, Universidade do Minho, Braga, 2012.

GONÇALVES, Ana Paula. (In)disciplina e (inter)ação pedagógica: do discurso às práticas. 2011. 357 f. Tese (Doutorado em Ciências da Educação) – Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias, Lisboa, 2011.

MELIM, Fernando. Na escola tu és feliz? Estudo sobre as manifestações e implicações do bullying escolar. 2011. 459 f. Tese (Doutorado em Estudos da Criança) – Instituto de Educação da Universidade do Minho, Braga, 2011.

REBELO, Elsa. A cobertura jornalística da violência na escola na imprensa portuguesa (1998-2002).

587 f. Tese (Doutorado em Ciências da Comunicação) – Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, Universidade Nova de Lisboa, Lisboa, 2008.

SÁ, José Ilídio. Bullying nas escolas: prevenção e intervenção. 2012. 609 f. Tese (Doutorado em Ciências da Educação) – Universidade de Aveiro, Aveiro, 2012.

SEBASTIÃO, João. Violência na escola, processos de socialização e formas de regulação. Sociologia, Problemas e Práticas, Lisboa, n. 71, p. 23-37, 2013.

SEBASTIÃO, João; ALVES, Mariana Gaio; CAMPOS, Joana. Violência na escola e sociedade de risco: uma aproximação ao caso português. In: SEBASTIÃO, J. (Org.). Violência na escola: tendências, contextos e olhares. Santarém: Cosmos, 2010. p. 15-42.

SEBASTIÃO, João; ALVES, Mariana Gaio; CAMPOS, Joana. Violência na escola: das políticas aos quotidianos. Sociologia, Problemas e Práticas, Oeiras, n. 41, p. 37-62, 2003.

SEBASTIÃO, João; CAMPOS, Joana; MERLINI, Sara. Contextos escolares e violência. In: ENCONTRO DE SOCIOLOGIA DA EDUCAÇÃO: EDUCAÇÃO, TERRITÓRIOS E (DES)IGUALDADES, 2., 2011, Porto. Actas... Lisboa: Secção de Sociologia da Educação da Associação Portuguesa de Sociologia, 2011.

p. 100-116. E-book.

SEIXAS, Sónia Raquel P. M. M. Comportamento de bullying entre pares, bem estar e ajustamento escolar. 2006. 423 f. Tese (Doutorado em Psicologia) – Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação, Universidade de Coimbra, Coimbra, 2006.

SILVA, Luciano Campos. Jovens das camadas populares e as múltiplas formas de relação com as regras escolares: rompendo com os determinismos na explicação dos comportamentos de indisciplina. In: VIEIRA, M.; RESENDE, J.; NOGUEIRA, M.; DAYRELL, J.; MARTINS, A.; CALHA, A. Habitar a escola e as suas margens: geografias plurais em confronto. Portalegre: Instituto

Politécnico de Portalegre ESE, 2013. p. 145-156. E-book.

VAN ZANTEN, Agnés. Interdependência competitiva e as lógicas de ação das escolas: uma comparação europeia. In: BARROSO, J. (Org.). A regulação das políticas públicas de educação: espaços, dinâmicas e atores. Lisboa: Educa, 2006. p. 191-226.

VALVERDE, Dulce. Turmas de percurso curricular alternativo: um processo possível de inclusão de jovens em risco? 2009. 209 f. Tese (Mestrado em Ciências da Educação) – Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa, Lisboa, 2009.

WOODS, Peter. Ser criativo em relação ao comportamento desviante na escola. In: PINTO, A. M.; CONDE, J. C.; CONDE, M. J. Indisciplina e violência na escola. Lisboa: Colibri, 2001.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.