Os professores da educação profissional: saberes e práticas

José Ângelo Gariglio, Suzana Lana Burnier

Resumo


Este artigo relata os resultados de uma pesquisa sobre os saberes da base profissional de professores da Educação Profissional – EP – que lecionam disciplinas das áreas tecnológicas. Objetivou-se analisar os processos constitutivos da prática docente de oito professores da EP e as características de seus saberes pedagógicos, bem como identificar os modelos de ação pedagógica que orientam e estruturam a prática de ensino desses docentes. Os resultados da pesquisa mostram que os saberes pedagógicos desses professores guardam marcas do contexto de ensino situado da EP e de espaços e tempos de formação profissional próprios das áreas tecnológicas e por experiências e aprendizagens não formais e informais.


Palavras-chave


Formação de professores; Saber profissional; Prática de ensino

Texto completo:

PDF

Referências


ALVES, Israel Gutemberg. Professores e sociedade: 2000 anos de (des)sintonia na historia e na formação de professores no Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais. 2001.

p. Dissertação (Mestrado em Tecnologia) – Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2001.

ANDRÉ, Marli. A pesquisa sobre formação de professores no Brasil – 1990-1998. In: CANDAU, Vera M. (Org.). Ensinar e aprender: sujeitos, saberes e pesquisa. Rio de Janeiro: DP&A, 2000.

p. 83-100.

ANDRÉ, Marli et al. Estado da arte da formação de professores no Brasil. Educação e Sociedade, Campinas, v. 20, n. 68, p. 301-309, dez./1999.

ARAÚJO, Tânia Márcia Fernandes de. A formação continuada segundo professores do ensino técnico. 2004. 168p. Dissertação (Mestrado em Tecnologia) – Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2004.

BRASIL. Lei n. 4.024, de 20 de dezembro de 1961. Fixa as Diretrizes e Bases da Educação

Nacional. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 27 dez. 1961.

BRASIL. Ministério da Educação. Rede federal de educação tecnológica. Brasília, DF: MEC. Disponível em: .

Acesso em: 9 jun. 2008.

BRZEZINSKI, Iria (Org.). Formação de profissionais da educação (1997-2002). Brasília: Ministério da Educação, Inep, 2006.

BRZEZINSK, Iria et al. Estado da arte da formação dos professores no Brasil. Educação e

Sociedade, ano XX, n. 68, dez. 1999.

BURNIER, Suzana et al. Histórias de vida de professores: o caso da educação profissional. Revista Brasileira de Educação, Rio de Janeiro, v. 12, n. 35, p. 343-358, 2007. Disponível em: . Acesso em: 15 ago. 2011.

CUNHA, Luiz Antônio. O ensino de ofícios artesanais e manufaturas no Brasil escravocrata. São Paulo: Editora Unesp; Brasília, DF: Flacso, 2000.

DEJOURS, Christophe. Inteligência operária e organização do trabalho: a propósito do modelo japonês de produção. In: HIRATA, Helena. Sobre o modelo japonês. São Paulo: Edusp, 1993.

DUBAR, Claude. A socialização: construção das identidades sociais e profissionais. Porto: Porto, 1997. ELBAZ, Freema. La recherche sur le savoir des ensignants: l’ enseignant experte et l’enseignant ordinaire. In: GAUTHIER, Clermont; MELLOUKI, M’hammed; TARDIF, Maurice. Le savoir des enseignants: que savent-ils? Canadá: Les Éditons Logiques, 1993.

FERREIRA, Maria Lúcia. Programa especial – a contribuição da UTRAMIG: da qualificação técnica profissional à formação docente. Os sujeitos da educação à luz dos pressupostos do agir comunicativo no pensamento de Habermas. 2001. Dissertação (Mestrado em Tecnologia) – Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2001.

GAUTHIER, Clermont et al. Por uma teoria da Pedagogia. Ijuí: Unijuí, 1998.

KUENZER, Acácia Z. Educação Profissional: novas categorias para uma pedagogia do trabalho.

Boletim Técnico do Senac, Rio de Janeiro, v. 25, n. 2, p. 19-29, 1999.

MACIEIRA, Daniel de Souza. Limites e possibilidades da formação inicial de professores da educação profissional através do Programa Especial de Formação Pedagógica de Docentes, segundo as representações de seus egressos. 2009. 209 f. Dissertação (Mestrado em Educação Tecnológica) – Centro Federal de Educação Tecnológica, Belo Horizonte, MG, 2009.

MARTIN, Daniel. Nature du savoir enseignant: analyse des écrits anglo-saxons. Cahiers de la

Recherche en Éducation, v. 1, n. 2, p. 253-286, 1993.

OLIVEIRA, Maria Rita N. S. 20 anos de ENDIPE. In: Didática, currículo e saberes escolares. Rio de Janeiro: DP&A, 2000.

OLIVEIRA, Maria Rita N. S.. Formação e profissionalização dos professores do ensino técnico. In: ARANHA, Antônia V. S.; CUNHA, Daisy M.; LAUDARES, João B. (Org.). Diálogos sobre o trabalho: perspectivas multidisciplinares. Campinas: Papirus, 2005. p. 15-37.

PETEROSSI, Helena Gemignani. Formação do professor para o ensino técnico. São Paulo: Loyola, 1994. PIMENTA, Selma. G. Didática, didáticas específicas e formação de professores: construindo saberes. In: TIBALLI, Elianda F. A.; CHAVES, Sandramara. M. (Org.). Concepções e práticas em formação de professores: diferentes olhares. Rio de Janeiro: D&P, 2003. p. 49-56.

RAYMOND, Danielle. L’utillisation d’aproches biographiques em formation à l’enseignement. In: CONFERÊNCIA DA PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO DE JANEIRO. Rio de Janeiro, 2000. Mimeografado.

SCHÖN, Donald. Formar professores como profissionais reflexivos. In: NÓVOA, António. (Org.).

Os professores e sua formação. Lisboa: Dom Quixote, 1992.

SHULMAN, Lee. S. Those who understand: knowledge growth in teaching. Educacional

Researcher, Washington, v. 15, n. 2, p. 4-14, Feb. 1986.

TANGUY, Lucie. Los conocimientos transmitidos a los futuros obreros. Tempora, Laguna, ES, v. l, n. 7, p. 11-28, jan./jun. 1986.

TARDIF, Maurice. As concepções do saber dos professores de acordo com diferentes tradições teóricas e intelectuais. Rio de Janeiro: PUC-Rio, 2000. Mimeografado.

TARDIF, Maurice. Saberes docentes e formação profissional. Petrópolis: Vozes, 2002.

TARDIF, Maurice; LESSARD, Claude. Le travail enseignant au quotidien. Experience, infractions humaines et dilemes professionnels. Europe: DeBoeck, 1999.

TARDIF, Maurice; LESSARD, Claude. O trabalho docente: elementos para uma teoria da docência como profissão de interações humanas. 4. ed. Petrópolis: Vozes, 2008.

TARDIF, Maurice; LESSARD, Claude; LAHAYE, Louise. Os professores face ao saber: esboço de uma problemática do saber docente. Teoria & Educação, Porto Alegre, n. 4, 1991.

VAN ZANTEN, Agnès. Abordagens etnográficas em sociologia da educação: escola e comunidade, estabelecimento escolar, sala de aula. In: FORQUIN, Jean Claude (Org.). Sociologia da Educação: dez anos de pesquisa. Petrópolis: Vozes, 1995.

WOODS, Peter. Aspectos sociais da criatividade do professor. In: NÓVOA, António (Org.).

Profissão professor. Porto: Porto, 1995.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.