Movimentos sociais por educação: a invisibilidade dos gêneros.

Autores

  • Marília Pinto de Carvalho USP
  • Cláudia Pereira Vianna FE - USP

Palavras-chave:

Movimentos Sociais por Educação, Ensino de 1º Grau, Professoras, Mães de Alunos, Relações de Gênero

Resumo

O trabalho aponta o desconhecimento que as pesquisas sobre movimentos sociais por educação têm da presença majoritariamente feminina tanto nessas lutas quanto no magistério público; indica algumas contribuições que as teorias sobre relações sociais de gênero podem oferecer para a compreensão das lutas por educação, dos movimentos de mães e professoras e para as interações entre escolas e famílias de alunos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marília Pinto de Carvalho, USP

Cláudia Pereira Vianna, FE - USP

Downloads

Publicado

22-07-2013

Como Citar

Carvalho, M. P. de, & Vianna, C. P. (2013). Movimentos sociais por educação: a invisibilidade dos gêneros. Cadernos De Pesquisa, (93), 32–39. Recuperado de http://publicacoes.fcc.org.br/index.php/cp/article/view/846

Edição

Seção

Artigos