O dever e a aspiração em crianças brasileiras.

Autores

  • Heloisa Moulin de Alencar-Murta Instituto de Psicologia da USP
  • Antonio Carlos Ortega Instituto Superior de Estudos e Pesquisa Psicossociais/Fundação Getúlio Vargas
  • Alessandro Fazolo Cezário Universidade Federal do Espírito Santo
  • Rodrigo Bissoli Miranda Universidade Federal do Espírito Santo
  • José Carlos Gomes Universidade Federal do Espírito Santo

Palavras-chave:

Erro Educacional Fundamental, Psicogênese, Crianças

Resumo

Este trabalho teve por objetivo investigar a caracterização do "erro educacional fundamental", com base na distinção entre a moralidade do dever e a da aspiração.Participaram como sujeitos 120 crianças da pré-escola e da 4ª série do ensino fundamental, de ambos os sexos e de diferentes classes sociais. Como instrumento de análise, foram utilizadas seis histórias: duas do domínio moral, duas do pró-social e duas do acadêmico. Foi feita análise das previsões das "reações dos professores" em relação aos personagens transgressores e cumpridores de uma norma e das "reações emocionais dos personagens transgressores". Os resultados evidenciam que houve diferença significativa nas respostas para "as reações dos professores", em relação à idade (domínio pró-social e acadêmico) e ao sexo (domínio acadêmico). Quanto à análise das "reações emocionais dos personagens transgressores", verificou-se que a idade influenciou expressivamente as respostas no domínio pró-social. Finalmente foram discutidas implicações teóricas e educacionais dos resultados.

Downloads

Publicado

03-07-2013

Edição

Seção

Outros Temas