Quem são os meninos que fracassam na escola?

Autores

  • Marília Pinto de Carvalho Faculdade de Educação da USP

Palavras-chave:

Relações de Gênero, Raça, Classe Social

Resumo

Com o objetivo de conhecer as formas cotidianas de produção do fracasso escolar mais acentuado entre meninos nas séries iniciais do ensino fundamental, o artigo baseia-se em estudo desenvolvido entre 2002 e 2003 com o conjunto das crianças e professoras de 1ª a 4ª séries de uma escola pública do Município de São Paulo. Busca compreender os processos que têm conduzido um maior número de meninos do que meninas, e, dentre eles, uma maioria de meninos negros e/ou provenientes de famílias de baixa renda, a obter conceitos negativos e a ser indicados para atividades de recuperação. Conclui pela necessidade de discutir a cultura escolar como fonte importante na construção das identidades de meninos e meninas, seja na reprodução de estereótipos e discriminações de gênero, raça e classe, seja na construção de relações mais igualitárias.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

27-06-2013

Como Citar

Carvalho, M. P. de. (2013). Quem são os meninos que fracassam na escola?. Cadernos De Pesquisa, 34(121), 11–40. Recuperado de http://publicacoes.fcc.org.br/index.php/cp/article/view/487

Edição

Seção

Tema em Destaque