Políticas de inclusão social no Brasil contemporâneo e educação da maternidade

Autores

  • Carin Klein
  • Dagmar Estermann Meyer
  • Zulmira Newlands Borges

Palavras-chave:

Políticas Públicas, Relações de Gênero, Família, Maternidade

Resumo

Este artigo problematiza processos de produção e veiculação de representações de maternidade, tomando por base políticas de inclusão social no Brasil contemporâneo. Ancora-se na noção de “politização do feminino e da maternidade”, que se refere a uma rede discursiva que delineia pedagogias que, ao educarem mulheres como mães, as situam ao lado do Estado, corresponsabilizando-as no enfrentamento de questões estruturais da pobreza, uma vez que são apresentadas como parceiras estratégicas que devem agir de forma decisiva na resolução de problemas sociais mais amplos. Dessa forma, as mulheres-mães são posicionadas em inúmeras políticas de inclusão social como agentes fundamentais para a resolução de problemas sociais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

09-06-2014

Como Citar

Klein, C., Meyer, D. E., & Borges, Z. N. (2014). Políticas de inclusão social no Brasil contemporâneo e educação da maternidade. Cadernos De Pesquisa, 43(150), 906–923. Recuperado de http://publicacoes.fcc.org.br/index.php/cp/article/view/2686

Edição

Seção

Outros Temas