[1]
M. I. García Palacios e J. A. Castorina, “Método clínico-crítico e etnografia em pesquisas sobre conhecimentos sociais”, Cad. Pesq., vol. 44, nº 154, p. 1052–1068, nov. 2014.