Avaliação educacional: vivência e reflexão

Heraldo Marelim Vianna

Resumo


O ensaio escrito pelo autor é uma longa reflexão sobre suas vivências e ações no campo da avaliação educacional ao longo de 33 anos, no período de 1962 a 1995. O autor refere-se à grande figura de Lee J. Cronbach, professor emérito da Universidade de Stanford (Palo Alto, Califórnia), que o levou a pensar sobre aspectos da sua multifacetada experiência. As suas considerações diferem sensivelmente das que foram oferecidas por L. Depresbíteris, pois são outras as suas experiências e diversificados os caminhos percorridos. A leitura do texto permite identificar no autor algumas influências, aliás inicialmente confessadas, entretanto, essa mesma leitura revela autonomia e um pensamento com características próprias, que traduzem um posicionamento e uma concepção sobre o processo de avaliação em suas diferentes dimensões. O autor concorda com uma das figuras mais significativas da pesquisa e da avaliação - Michael Scriven - que tudo, absolutamente tudo, possa ser avaliado, inclusive a própria avaliação, o que constitui objeto de uma área de conhecimento ainda insipiente entre nós, a meta avaliação.

Palavras-chave


Avaliação da Educação; Metodologia; Políticas Públicas; Relações Humanas; Análise Crítica; Análise Estatísticas

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18222/eae01819982252

Apontamentos

  • Não há apontamentos.