Ampliação das oportunidades educacionais: realidade ou direito negado?.

Antônio Cabral Neto

Resumo


Este artigo discute a política educacional do governo do Estado do Rio Grande do Norte, na década de 80, no que se refere à ampliação das oportunidades educacionais no ensino de primeiro grau. Analisa o discurso expresso nos planos governamentais para a área da educação, estabelecendo um contraponto com os resultados observados em nível do sistema de ensino. Evidencia uma ampliação da oferta de vagas no sistema educacional, embora essa ampliação não seja acompanhada pela melhoria do fluxo escolar e da qualidade do ensino. O quadro esboçado não sugere, portanto, conclusões muito otimistas quanto à democratização das oportunidades educacionais, compreendida na sua dupla dimensão de quantidade e qualidade.

Palavras-chave


Política Educacional; Democratização; Fluxo Escolar; Qualidade do Ensino

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.