O reverso da medalha: administração participativa, sociedade do conhecimento e seus limites.

Dagmar M. L. Zibas

Resumo


O estudo, que deu origem ao artigo, focalizou, no setor secundário, empresas que estariam superando bem a crise gerada pelo acirramento da competição industrial. O objetivo mais geral foi verificar quais as exigências, quanto à qualificação, tais organizações estão colocando para o seu quadro funcional e como explicam a necessidade de tais exigências. Os trabalhadores também foram ouvidos, como contraponto ao depoimento dos dirigentes. O trabalho agora apresentado enfoca a mais dinâmica das empresas pesquisadas, reconhecido exemplo de sucesso do novo modelo produtivo. Os resultados obtidos permitem o questionamento do discurso, atualmente dominante, que identifica, de forma isométrica, as demandas da moderna produção com os princípios educacionais humanistas, tradicionalmente defendidos pelos setores progressistas da sociedade.

Palavras-chave


Trabalho - Educação; Novas Tecnologias Organizacionais

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Financiadores: