Escola pública versus escola privada: o fim da história?.

Dagmar M. L. Zibas

Resumo


Para discutir algumas características das novas políticas educacionais sugeridas por organismos multilaterais a países da América Latina, o artigo começa por traçar um panorama sob o ponto de vista dos "otimistas" e dos "pessimistas" das profundas mudanças políticas e estruturais do mundo atual. Registrando que, em tal contexto, as instituições internacionais têm recomendado uma política de privatização educacional para a América Latina, principalmente no que diz respeito ao ensino médio, a autora delineia um ligeiro histórico do embate entre privativistas e defensores do ensino público no Brasil nas últimas décadas. Traz dados de pesquisas nacionais e de resultados da privatização levada a cabo no Chile, para concluir que não há evidências empíricas sólidas que justifiquem a adoção de políticas privativistas.

Palavras-chave


Políticas para o Ensino Médio; Privatização do Ensino; Escola Pública; Escola Particular

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.