Política de bolsas, progressão e titulação nos mestrados e doutorados.

Jacques Velloso, Léa Velho

Resumo


O texto trata das bolsas de mestrado e doutorado no país e de seus possíveis efeitos na progressão dos discentes. Os dados foram obtidos mediante amostra nacional dos estudantes vinculados a cursos de mestrado e doutorado no país, em todas as áreas do conhecimento. Os resultados permitiram analisar a distribuição regional das bolsas, sua distribuição por áreas do conhecimento e traços das políticas das principais agências de fomento CAPE e CNPq quanto a esse tipo de auxílio. A análise freqüentemente é situada no contexto de comparações internacionais. Os resultados mostram que as bolsas têm substantiva influência na progressão dos alunos em seus cursos, cuja duração é discutida. Os prazos de titulação, consideradas as características da trajetória acadêmica do alunado, as pertinentes comparações com padrões internacionais e, sobretudo o tempo gasto na feitura da dissertação do mestrado em média quase dois anos remetem às questões da concepção e finalidades do mestrado e de sua articulação com o doutorado.

Palavras-chave


Política de Bolsas; Pós-Graduação; Mestrado; Doutorado

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.