O binômio comunicação e educação: coexistência e competição.

Luiz R. Busato

Resumo


Este artigo argumenta, inclusive a partir de uma abordagem comunicacional, que a educação sempre serviu-se dos meios técnicos, mas que a situação atual tem uma originalidade: é que todos os destinatários da educação estão mergulhados num universo de tecnologias que impedem o professor de ignorá-las. Por isso, ensinar requer dos professores e responsáveis pela educação um mínimo de cultura e de habilidade tecnológica. É sob essa condição que eles podem orientar os equilíbrios instáveis entre as formas mais tradicionais de ensino e as formas mais tecnicistas. Disso surgem novos modelos de pedagogia que constituem verdadeiros desafios teóricos e práticos para todos os atores que trabalham ou se interessam pela educação.

Palavras-chave


Informática; Educação; Comunicação; Tecnologia

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.