Positivismo e matemática escolar dos livros didáticos no advento da República.

Wagner Rodrigues Valente

Resumo


O estudo da presença da matriz positivista na história da educação brasileira vem sendo feito, muitas vezes, de forma mecânica e reducionista pela historiografia tradicional. A partir da perspectiva da história cultural, este artigo toma o livro didático como objeto cultural para mostrar que tipo de apropriação o cotidiano escolar realizou, por ocasião do advento da República, do pensamento positivista no ensino da matemática escolar. Tal análise concentra-se na resposta à questão: existiu, em algum momento da história da educação brasileira, uma matemática escolar positivista?

Palavras-chave


Matemática; Livro Didático; Ensino de Matemática

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.