Violência na escola, práticas educativas e formação do professor.

Maria Augusta Salin Gonçalves, Orene Maria Piovesan, Andrisa Link, Lusiana F. Prestes, Joiciana G. Lisboa

Resumo


O objetivo dessa investigação é compreender as possibilidades e limites de uma experiência de formação continuada de professores de ensino fundamental que lidam com adolescentes de periferia. Realizada em 2002, com 10 professores, em 15 reuniões, a pesquisa pretendeu compartilhar momentos de reflexão e diálogo, buscando minimizar a violência na escola. Discutimos teorias do desenvolvimento da moralidade e trabalhamos com os professores ações educativas (dramatização, dilemas morais e dinâmicas de grupo) que visam a favorecer a emergência de interação social construtiva. As reuniões foram analisadas com procedimentos hermenêuticos. Na sistematização dos resultados, examinamos, inicialmente, a experiência como um todo. A seguir, destacamos momentos pedagógicos significativos, em que os professores compartilharam conosco experiências educativas realizadas no período dos encontros.

Palavras-chave


Adolescência; Violência; Educação; Continuada; Professores

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Financiadores: