Violência escolar e auto-estima de adolescentes.

Lucimar Câmara Marriel, Simone G. Assis, Joviana Q. Avanci, Raquel V. C. Oliveira

Resumo


Este artigo procura estudar a associação entre auto-estima e violências que ocorrem no ambiente escolar. Apresenta resultados obtidos em pesquisa realizada em escolas públicas e particulares de São Gonçalo, Estado do Rio de Janeiro. Emprega basicamente metodologia quantitativa (inquérito epidemiológico com uma amostra de 1.686 alunos) com alunos das 7ª e 8ª séries do ensino fundamental e 1º e 2º anos do ensino médio. Os resultados indicam que alunos com baixa auto-estima relacionam-se de forma pior com colegas e professores que os pares de elevada auto-estima, além de se colocarem mais freqüentemente na posição de vítimas de violência na escola e terem mais dificuldade de se sentir bem no espaço escolar. São apontados alguns programas nacionais que têm tentado abordar o problema da violência na escola.

Palavras-chave


Auto-Estima; Violência; Escolas; Relações Professor-Aluno

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Financiadores: