Construção e validação de uma escala de valores sociomorais

Marialva Rossi Tavares, Maria Suzana De Stefano Menin, Patrícia Unger Raphael Bataglia, Telma Pileggi Vinha, Luciene Regina Paulino Tognetta, Raul Aragão Martins, Adriano Moro

Resumo


A presente pesquisa teve como objetivo construir e validar uma escala de valores sociomorais que mensurou a presença e o modo de adesão aos valores de justiça, respeito, solidariedade e convivência democrática em estudantes e professores da educação básica em escolas públicas e privadas de São Paulo (10.011 participantes). A metodologia envolveu a elaboração de histórias com alternativas pró e contravalor em três níveis de perspectiva social, a aplicação de questionário na amostra e o processamento dos dados com o uso da Teoria de Resposta ao Item – TRI –, segundo o modelo para itens politômicos. Como resultados, apresentam-se as classificações dos participantes em níveis estabelecidos por valor e discutem-se as implicações educacionais da pesquisa.

 


Palavras-chave


Valores Sociomorais; Teoria da Resposta ao Item – TRI –; Juízo Moral

Texto completo:

PDF

Referências


ANDRADE, D. F.; TAVARES, H. R.; VALLE, R. C. Teoria da resposta ao item: conceitos e aplicações. São Paulo: Associação Brasileira de Estatística. Sinape 2000. Disponível em: Acesso em: 10 abr. 2015.

ARAÚJO, E.; ANDRADE, D.; BORTOLOTTI, S. Teoria de resposta ao item. Revista da Escola de Enfermagem, São Paulo, n. 43, n. Especial 1, p. 1000-1008, 2009. Disponível em: . Acesso em: 15 jul. 2015.

ARAÚJO, U. F. Resolução de conflitos e assembleias escolares. Cadernos de Educação, Pelotas, n. 31, p. 115-131, jul./dez. 2008.

ARAÚJO, U. F.; ARANTES, V. The ethics and citizenships program: the Brazilian experience in moral education. Journal of Moral Education, v. 38, n. 4, p. 489-511, 2009.

ARAÚJO, U. F.; PUIG, J. M.; ARANTES, A. A. (Org.). Educação em valores: pontos e contrapontos. São Paulo: Summus, 2007.

BATAGLIA, P. U. R.; SHIMIZU, A. M.; LEPRE, R. M. A teoria de Kohlberg sobre o desenvolvimento do raciocínio moral e os instrumentos de avaliação de juízo e competência moral em uso no Brasil. Estudos de Psicologia, Natal, v. 15, p. 25-32, 2010.

BAUMAN, Z. O mal-estar da pós-modernidade. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1998.

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros curriculares nacionais. Brasília, DF: MEC/SEF, 1998.

COLBY, A.; KOHLBERG, L. The measurement of moral judgment. New York: Cambridge University Press, 1987.

D’AUREA-TARDELI, D. A manifestação da solidariedade em adolescentes: um estudo sobre a personalidade moral. 2006. Tese (Doutorado em Psicologia do Escolar) – Instituto de Psicologia, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2006.

D’AUREA-TARDELI, D. Solidariedade e projeto de vida: a construção da personalidade moral do adolescente. Campinas, SP: Mercado de Letras; Fapesp, 2011. (Educação e Psicologia em Debate).

FRICK, L. T. As relações entre os conflitos interpessoais e o bullying: um estudo nos anos iniciais do ensino fundamental de duas escolas públicas. 2011. 195f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Faculdade de Ciências e Tecnologia, Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”, Presidente Prudente, 2011.

GIBBS, J. C.; ARNOLD, K. D. E.; BURKHART, J. E. Sex differences in the expression of moral judgement. Child Development, n. 55, p. 1040-1043, 1984.

GOERGEN, P. Educação moral: adestramento ou reflexão comunicativa? Educação & Sociedade, Campinas, v. 22, n. 76, p. 147-174, out. 2001.

GOERGEN, P. Educação moral hoje: cenários, perspectivas e perplexidades. Educação & Sociedade, Campinas, v. 28, n. 100, p. 737-762, 2007.

HEBERT, P. et al. Evaluating ethical sensitivity in medical students: using vignettes as an instrument. Journal of Medical Ethics, n. 16, p. 141-145, 1990.

KARINO, C. A.; ANDRADE, D. F. Entenda a Teoria de respostas ao item (TRI). Nota técnica. Brasília, DF: Inep, 2011.

KOHLBERG, L. Essays on moral development: the philosophy of moral development: moral stages and the idea of justice. San Francisco: Harper & Row, 1981. v. I.

KOHLBERG, L. Psicología del desarrollo moral. Bilbao: Biblioteca de Psicología, Desclée de Brouwer, 1992.

LA TAILLE, Y. Moral e ética: dimensões intelectuais e afetivas. Porto Alegre: Artmed, 2006.

LA TAILLE, Y. Formação ética: do tédio ao respeito de si. Porto Alegre: Artmed, 2009.

LA TAILLE, Y.; MENIN, M. S. M. (Org.). Crise de valores ou valores em crise? Porto Alegre: Artmed, 2009. p. 152-184.

LIMA, T. J. S. Modelos de valores de Schwartz e Gouveia: comparando conteúdo, estrutura e poder preditivo. 2012. Dissertação (Mestrado em Psicologia) – Universidade Federal da Paraíba, João Pessoa, 2012.

LIND, G. Moral competence test. Disponível em: . Acesso em: 29 jun. 2015.

LIPOVETSKY, G. O crepúsculo do dever: a ética indolor dos novos tempos democráticos. 4. ed. Lisboa: Dom Quixote, 2010.

LOMBARDI, J. C.; GOERGEN, P. Ética e educação: reflexões filosóficas e históricas. Campinas, SP: Autores Associados, 2005.

MARTINS, R. A.; SILVA, I. A. Valores morais do ponto de vista de professores do ensino fundamental e médio. In: LA TAILLE, Y.; MENIN, M. S. S. (Org.). Crise de valores ou valores em crise? Porto Alegre: Artmed, 2009. p. 185-198.

MENIN, M. S. S. Representações sociais de injustiça em adolescentes de escolas públicas e particulares. Psicologia da Educação, PUC-SP, n. 14/15, p. 239-264, 2002.

MENIN, M. S. S. Injustiça e escola: representações de alunos e implicações pedagógicas. In: TOGNETTA, L. R. P. Virtudes e educação: o desafio da modernidade. Campinas, SP: Mercado de Letras, 2007.

MENIN, M. S. S.; BATAGLIA, P. U. R.; MORO, A. Adesão ao valor de justiça entre crianças e adolescentes. Estudos em Avaliação Educacional, v. 24, n. 56, p. 18-47, set./dez. 2013.

MENIN, M. S. S. et al. Educação moral ou em valores nas escolas: concepções de educadores em escolas públicas brasileiras. In: ENCONTRO DE PESQUISA EM EDUCAÇÃO DA REGIÃO SUL, 8., 2010, Londrina. Anais... Londrina: Anped, 2010. p. 1-12.

PIAGET, J. O julgamento moral na criança. São Paulo: Mestre Jou, 1994 [1932].

REST, J. DIT Manual: manual for the defining issues test. Minneapolis: University of Minnesot, 1986.

SELMAN, R. L. The growth of interpersonal understanding: developmental understanding. New York: Academic Press, 1980.

SELMAN, R. L. et al. Assessing adolescent interpersonal negotiation strategies: toward the integration of structural and functional models. Developmental Psychology, v. 22, n. 4, p. 450-459, 1986.

SILVA, D. J. Ética, educação e desafios contemporâneos. In: REUNIÃO ANUAL DA ANPED, 33., Caxambu, MG, 2010. Anais... Caxambu: Anped, 2010. Disponível em: . Acesso em: 10 ago. 2011.

SILVA, J. B. A escola enfrenta a violência: dos projetos às representações docentes. 2004. 210f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Faculdade de Ciências e Tecnologia, Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”, Presidente Prudente, 2004.

SPOSITO, M. P. Um breve balanço da pesquisa sobre violência escolar no Brasil. Educação e Pesquisa, São Paulo, v. 27, n. 1, p. 87-103, jan./jun. 2001.

TAVARES, M. R. Avaliação de valores sociomorais: procedimentos para a construção de uma escala. Estudos em Avaliação Educacional, São Paulo, v. 24, n. 56, p. 252-272, set./dez. 2013.

TOGNETTA, L. R. P. A construção da solidariedade e a educação do sentimento na escola: uma proposta de trabalho com as virtudes numa visão construtivista. Campinas, SP: Mercado de Letras, 2003.

TOGNETTA, L. R. P. Sentimentos e virtudes: um estudo sobre a generosidade ligada às representações de si. 2006. 320f. Tese (Doutorado em Psicologia Escolar) – Instituto de Psicologia, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2006.

TOGNETTA, L. R. P. Perspectiva ética e generosidade. Campinas, SP: Mercado de Letras, 2009.

TOGNETTA, L. R. P.; VINHA, T. P. Quando a escola é democrática: um olhar sobre a prática das regras e assembleias na escola. Campinas, SP: Mercado de Letras, 2007.

TREVISOL, M. T. C. Tecendo os sentidos atribuídos por professores do ensino fundamental ao médio profissionalizante sobre a construção de valores na escola. In: LA TAILLE, Y.; MENIN, M. S. M. (Org.). Crise de valores ou valores em crise? Porto Alegre: Artmed, 2009. p. 152-184.

VALLE, R. Construção e interpretação de escalas de conhecimento: um estudo de caso. Estudos em Avaliação Educacional, São Paulo, n. 23, p. 71-92, 2001.

VAZQUEZ, A. S. Ética. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1993.

VICENTIN, V. F. Condições de vida e estilos de resolução de conflitos em adolescentes. 2009. 223f. Tese (Doutorado em Psicologia) – Instituto de Psicologia, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2009.

VINHA, T. P. O educador e a moralidade infantil numa visão construtivista. Campinas, SP: Mercado de Letras, 2000.

VINHA, T. P. Os conflitos interpessoais na relação educativa. 2003. 426 f. Tese (Doutorado em Educação) – Faculdade de Educação, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2003.

ZECHI, J. A. M. Violência e indisciplina em meio escolar: aspectos teórico-metodológicos da produção acadêmica no período de 2000 a 2005. 2008. 152 f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Faculdade de Ciências e Tecnologia, Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”, Presidente Prudente, 2008.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.