As contribuições da ciência ao ensino: mito e anti-mito

Maria Amélia Azevédo Goldberg

Resumo


A discussão das contribuições potenciais ou efetivas da ciência ao ensino pode ser feita de uma pluralidade de pontos de vista, conforme a ciência que se pretenda enfocar (economia, psicologia, sociologia etc.) ou conforme se encare o ensino do ponto de vista do processo, do agente, ou da disponibilidade de recursos técnicos. No presente trabalho, vamos colocar-nos na perspectiva daqueles que acreditam que: 1) o ensino, na nossa realidade, é um processo de natureza decisório-executiva, exercido basicamente pelo professor; 2) a qualidade desse processo depende diretamente das contribuições da Psicologia e da Sociologia, enquanto ciências da educação; 3) essas contribuições - para serem efetivas - precisam ser comunicadas ao professor, seja através de programas de treinamento, seja através de publicações técnicas.

Palavras-chave


Ciência; Formação de professores; Pedagogia; Psicologia; Sociologia; Ensino individualizado

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.