Concepção do papel de psicólogo escolar.

Maria Amélia Azevêdo Goldberg

Resumo


O objetivo da presente pesquisa é delinear a concepção que os Psicólogos Escolares têm de seu papel profissional, quando integram uma equipe formada por outros técnicos (Orientador Pedagógico e Orientador Educacional).Nossa hipótese é a de que existe um consenso entre os Psicólogos Escolares sobre a função preventiva que devem exercer, atuando sobretudo junto ao professor quando em serviço. Os dados de caracterização dos sujeitos da amostra foram levantados através de um questionário informativo. O instrumento usado para análise da concepção do papel profissional foi uma escala Q não estruturada, constando de 70 afirmações sobre atividades de um serviço de Psicologia Escolar. Os dados receberam tratamento conforme a rotina da metodologia Q. Submetidos a análise, esses dados permitiram não só confirmar a hipótese formulada, como detectar a existência de uma concepção alternativa do papel de Psicólogo Escolar, enquanto "facilitador na solução de problemas escolares".

Palavras-chave


Psicólogos; Relações professor-aluno; Psicologia da educação

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.