A linguagem oral como elemento integrante da brincadeira.

Dânia Monteiro Vieira Costa, Cláudia Maria Mendes Gontijo

Resumo


Este texto discute a importância da brincadeira infantil para o desenvolvimento da linguagem oral nas crianças. É o desdobramento de pesquisa que investigou o trabalho com a linguagem em uma instituição educativa infantil que atende crianças de 2 a 6 anos de idade. O estudo de caso utilizou como técnica de coleta dos dados a observação participante. Conclui que as crianças recriam, nas brincadeiras, situações vivenciadas nas diversas esferas de comunicação humana das quais participam e, portanto, que as brincadeiras são de natureza cultural. Acentua, ainda, a importância do trabalho colaborativo para o desenvolvimento infantil.

Palavras-chave


Comunicação; Verbal; Brincadeiras; Cultura

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.