Cidadãos analphabetos: propostas e realidade do ensino rural em São Paulo na 1ª república.

Zeila de Brito F. Demartini

Resumo


O intuito do artigo é acompanhar alguns aspectos da implantação da rede educacional em São Paulo no primeiro período republicano, chamando a atenção para o fato de que, se os ideais republicanos eram amplos e dirigidos a toda a população, a política educacional adotada naquele período foi a de atendimento restrito e preferencial às populações urbanas, em detrimento das residentes em áreas rurais as quais, embora majoritárias, eram justamente aquelas consideradas, na época, como mais avessas à educação escolar.

Palavras-chave


Educação; Zona Rural; São Paulo; História; Políticas Educacionais; Alfabetização; Obrigatoriedade Escolar

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.