Matriz de referência para a medição do alfabetismo nos domínios do letramento e do numeramento

Autores

  • Vera Masagão Ribeiro
  • Maria Conceição Fonseca

DOI:

https://doi.org/10.18222/eae214520102031

Palavras-chave:

Alfabetização, Avaliação da Aprendizagem, Educação de Adultos, Matriz de Referência

Resumo

As autoras apresentam a matriz de referência desenvolvida para o Indicador de Alfabetismo Funcional (Inaf), projeto que vem coletando e analisando dados sobre as habilidades de alfabetismo da população brasileira de 15 a 64 anos desde 2001. O principal aspecto inovador da proposta é a integração de dois domínios do alfabetismo - o letramento e o numeramento - nos mesmos conjuntos de habilidades. Distinguem-se também as habilidades funcionais (localização, integração, elaboração e avaliação), foco principal do Inaf, das habilidades elementares, úteis para avaliação de programas de alfabetização inicial (reconhecimento de letras, numerais e sinais; reconhecimento de palavras e números, fluência; reconhecimento do assunto, tipo ou finalidade dos textos/instrumentos e registro escrito). Além dos tipos de texto sobre os quais as habilidades de alfabetismo se manifestam, são apresentados e discutidos os fatores de dificuldade que fazem as tarefas corresponderem a níveis mais baixos ou altos de proficiência. A matriz de referência pretende oferecer aos educadores um quadro conceitual que organize o trabalho pedagógico sobre as capacidades de alfabetismo, instrumento principal para aprendizagens nos mais diversos campos do saber, em torno do qual se pode constituir um projeto pedagógico integrado para toda a educação básica.

Biografia do Autor

Vera Masagão Ribeiro

Maria Conceição Fonseca

Downloads

Publicado

30-04-2010

Edição

Seção

Outros Temas