O poder da pré-escola: evidências de um estudo longitudinal na Inglaterra.

Autores

  • Brenda Taggart Institute of Education, University of London
  • Kathy Sylva University of Oxford
  • Edward Melhuish Institute for the Study of Children, Families and Social Issues Birkbeck - University of London
  • Pam Sammons University of Oxford
  • Iram Siraj-Blatchford University of London

Palavras-chave:

Estudo Longitudinal, Educação Pré-Escolar, Qualidade do Ensino, Avaliação da Aprendizagem

Resumo

No âmbito do debate de experiências de pesquisa sobre a qualidade dos serviços de educação infantil, este artigo documenta as duas primeiras fases de um estudo longitudinal financiado pelo Departamento de Educação do Reino Unido. O projeto Effective provision of pre-school and primary education, 1997-2008 é o maior estudo europeu sobre a eficácia da educação pré-escolar. Apresentam-se aqui objetivos, amostra, metodologia e os principais resultados da pesquisa sobre a educação pré-escolar, que destacam a importância da qualidade nas unidades de educação infantil e mostram como a boa qualidade é essencial e traz benefícios para as crianças da pré-escola aos 11 anos de idade.

Biografia do Autor

Brenda Taggart, Institute of Education, University of London

Kathy Sylva, University of Oxford

Edward Melhuish, Institute for the Study of Children, Families and Social Issues Birkbeck - University of London

Pam Sammons, University of Oxford

Iram Siraj-Blatchford, University of London

Downloads

Publicado

06-06-2013

Edição

Seção

Tema em Destaque